(Atualizada) O Skype tinha um problema sério com uma mensagem específica - e que foi entretanto corrigido pela Microsoft, mas que ainda afetará os utilizadores que não procederem à atualização do software. Quem enviar a mensagem “http://:”, sem as aspas, a partir da versão para Windows, iOS ou Android, ainda pode ver o programa “crashar”. Mas o problema pode ser mais grave para quem recebe a mensagem.

Para quem recebe a mensagem a falha só é resolvido de duas formas: pedindo, através de outro sistema de comunicação, ao contacto para eliminar a mensagem enviada e instalando de seguida instalar uma versão mais antiga da ferramenta; ou não usar o Skype até que haja uma atualização do programa.

Isto porque como a mensagem fica guardada nos servidores da empresa e nos registos do utilizador, sempre que o programa tenta inicializar volta a “crashar”. E o comportamento persiste sempre que o utilizador tentar uma nova autenticação.

O TeK testou o envio do código num computador Windows e comprovou os problemas que foram em primeiro lugar relatados nos fóruns de comunidade do Skype e vistos pela VentureBeat.

A única versão que esteve sempre livre de problemas é a que existe para computadores com o sistema operativo Mac OS X.

O problema do Skype surge poucos dias depois de ter sido encontrado um problema parecido no iMessage da Apple - sempre que os utilizadores recebiam um determinado conjunto de caracteres em Unicode a aplicação deixava de funcionar corretamente.

Nota de redação: Notícia atualizada para indicar que a correção do bug no Skype já foi feita pela Microsoft; os utilizadores deverão agora proceder à atualização das diferentes versões da ferramenta; foi ainda corrigida uma gralha por indicação dos leitores;

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.