Para esta semana as propostas do TeK são sobretudo dirigidas às áreas da comunicação, mas há também o Pinterest para od utilizadores de Windows Phone, uma app para gerir todos os serviços de cloud e novas formas de fazer turismo em Lisboa

Se quer descobrir as melhores aplicações passe pelas próximas páginas e aproveite para instalar algumas das apps. São todas gratuitas (por enquanto)!

Slingshot: Facebook já tem aplicação (quase) igual ao Snapchat

O nome do serviço do Facebook para smartphones que vai concorrer diretamente com o Snapchat já era conhecido, Slingshot, e agora é a aplicação que acaba de ficar disponível. É muito parecida, mas tem uma diferença.

Diz-se que o software começou a ser desenvolvido a partir do momento em que a compra do Snapchat não foi avante, em 2013, num negócio que chegou a ser avaliado em três mil milhões de dólares.

De acordo com o Financial Times foi o próprio Mark Zuckerberg quem supervisionou o desenvolvimento da aplicação agora lançada.
Tal como no Snapchat, a Slingshot permite o envio de fotos e vídeos que se autodestroem quando vistas a primeira vez. É possível escrever sobre as fotos e ainda adicionar emojis.

A diferença é a função "responder para desbloquear", já que no Slingshot as mensagens recebidas só podem ser vistas quando o utilizador envia uma foto ou um vídeo de volta.

A equipa do Facebook quer assim distinguir-se do seu maior rival, incentivando à produção de conteúdos. "Todos nós somos criadores e ninguém é apenas espectador", alega-se por parte da rede social.

A aplicação existe para iOS e Android, num primeiro momento restrita aos Estados Unidos, mas devendo ser disponibilizada para outras regiões nas próximas semanas.

Descubra a próxima aplicação

Viago: Garmin lança app low cost de navegação

Chama-se Víago a nova proposta móvel da Garmin na área dos sistemas de navegação e está disponível por 99 cêntimos, valor mais baixo do que o apresentado pelas restantes alternativas da empresa.

O preço é promocional, sendo válido apenas até ao próximo dia 13 de julho. A partir dessa data, o valor passa a 1,99 euros.
Na sua versão base, a Viago tem as funcionalidades de navegação mais tradicionais: o acesso a mapas, navegação curva a curva com orientação por voz, visualização em 2D e 3D, informações de trânsito e limite de velocidade.

A partir da interface é possível ver outros itens habituais, como a velocidade atual a que se está a conduzir e o horário estimado de chegada.

Querendo acrescentar funcionalidades mais "premium" à aplicação, como o acesso offline a mapas ou o cálculo automático do percurso consoante a intensidade do trânsito, o "preço" vai subir consideravelmente.

A Viago está disponível para Android, mas também para iOS.

Descubra a próxima aplicação

Nike+ FuelBand chega ao Android

Por norma as aplicações de alto perfil não costumam ter uma diferença de lançamentos tão grande entre os principais sistemas operativos. Mesmo depois de ter negado rumores sobre o desenvolvimento da aplicação, eis que a Nike tira um coelho da cartola.

Há muito que os braceletes inteligentes da Nike funcionam de forma integrada com o iOS. Através da aplicação FuelBand a marca de desporto colocou-se como uma das líderes neste segmento dos gadgets de fitness, até o mercado ter despertado o interesse de outros tubarões.



Durante esta semana a Nike decidiu lançar a versão para Android, mais de dois anos depois de a app ter estreado no iOS. Mesmo com todo o atraso, a aplicação Nike+ FuelBand vem com condicionantes: apenas funciona com o mais recente bracelete Fuelband SE e só suporta o Galaxy S3, S4, S4, o Moto X, o Nexus 5 e o HTC One.



Mas para quem reúne todas as condições, a aplicação é gratuita.



Resta saber se o lançamento está de alguma forma ligado à parceria que a Nike parece ter com a Apple no campo dos wearable, ou se o lançamento aparece apenas como uma cedência perante o pedido dos utilizadores. Isto porque até há poucos meses, a Nike vinha negando o desenvolvimento do software.

Descubra a próxima aplicação

Realidade aumentada permite novas perspetivas sobre a cidade de Lisboa

Juntando história, cultura e turismo, a app Rewind Cities abre a partir de hoje novas possibilidades de descoberta da cidade de Lisboa em smartphones Android.

A aplicação ficou disponível hoje na loja Google Play mas está já prevista uma versão iOS para que um maior número de utilizadores possa aceder à ferramenta que tira partido da tecnologia de realidade aumentada. E junta o conceito de guia turístico com a máquina do tempo.

A app Rewind Cities Lisboa foi desenvolvida pela empresa Rewind Cities e também quer mostrar novas perspetivas em localizações privilegiadas de Lisboa aos próprios lisboetas e não apenas aos turistas.

Na área de Forgotten City é possível ver imagens e vídeos do local através do tempo ou de acontecimentos que aí tiveram lugar e fizeram a história da cidade, mas a realidade aumentada adiciona uma nova "camada" de informação na time Machine, tirando partido da câmara do smartphone ou do tablet e sobrepondo outras imagens.

A app tem ainda uma área de Total Recall, onde mais uma vez a realidade aumentada é usada para uma animação 3D de episódios marcantes, com a intervenção de personagens históricas.

As memórias da visita ficam asseguradas através do Time Traveller, na qual as imagens antigas de edifícios ou monumentos podem servir de pano de fundo a postais ilustrados com fotos dos turistas.

A tudo isto soma-se a funcionalidade Lisboa Agora que dá acesso a informação sobre eventos culturais, comércio e serviço nas zonas circundantes.
O download para Android é gratuito.

Veja ainda o vídeo de demonstração da aplicação.

Descubra a próxima aplicação

A simplicidade de um "Yo" enviado por telemóvel

O coração tem razões que a própria razão desconhece e o mesmo se passa com alguns fenómenos das tecnologias. Neste caso estamos a referir-nos à Yo, uma aplicação que serve para dizer isso mesmo: "Yo".

A simplicidade das duas letras traduz-se na simplicidade da sua utilização: adicionar contactos a uma lista, bastando depois seleccionar um nome para enviar um "yo". E é absolutamente isto.

Apesar de "básica", a aplicação que nasceu da necessidade de um "chefe" mandar uma notificação a informar a secretária de que precisava da sua ajuda e que foi criada em apenas oito horas conseguiu um financiamento de um milhão de dólares para ser lançada.

Está disponível para Android e iOS e desde abril até à data já conta com 50 mil utilizadores em todo o mundo.

Descubra a próxima aplicação

CloudMesh: Uma app para gerir todas as suas contas na Cloud (ou quase)

Manter várias contas em serviços de cloud pode ser útil para maximizar o espaço gratuito disponível, mas torna-se um pesadelo de gestão de dados. A app que hoje analisamos tenta resolver esse drama.

Passwords perdidas, ficheiros duplicados (triplicados ou quadruplicados), horas preciosas à procura de últimas versões de ficheiros partilhados... Tudo isto são cenários mais ou menos comuns para quem mantém vários serviços de alojamento na cloud nos quais guarda ficheiros, imagens e vídeos consoante a conveniência das aplicações ou dispositivos em utilização.

A solução não passam só por uma melhor organização - mesmo que esta hipótese não deva ser afastada - mas também por software que permita fazer uma gestão simplificada das várias contas na nuvem, mover e apagar facilmente ficheiros.

Este é o propósito da CloudMesh, uma aplicação "made in Portugal" mas com olhos nas nuvens internacionais que foi recentemente atualizada e suporta os principais serviços, nomeadamente a Dropbox, Box, GoogleDrive, Onedrive, MeoCloud, Mega e Copy.com, mas também os ficheiros do Facebook, do telemóvel e do SD Card.

Depois de configurada a app permite explorar, copiar, mover, apagar, partilhar, descarregar ou afixar os ficheiros praticamente onde quiser.





A app funciona com o Windows Phone 8.1 e tem uma versão gratuita com publicidade e algumas limitações, e uma versão Pro, que custa 2,49 euros.

Descubra a próxima aplicação

Pinterest chega ao Windows Phone
Demorou o seu tempo mas um dos serviços emblemáticos da web já está disponível também em versão optimizada para Windows Phone. O Pinterest chegou ao WP em versão beta.

Embora ainda em fase de testes, a aplicação para WP permite fazer quase tudo aquilo que já é possível concretizar com a versão mobile do serviço, asseguram os promotores do serviço.

De facto, a app recorre à interface web do Pinterest e tira partido de um conjunto de recursos do sistema operativo para assumir a configuração final.

O Pinterest é uma rede social onde as imagens são o cerne da questão e dão o mote para as interacções que podem ser geradas entre utilizadores.

Em Portugal foi uma das redes sociais que mais cresceu no ano passado, assumindo em novembro o 9º lugar nas preferências dos portugueses.





Descubra a próxima aplicação

Intel cria avatares de bolso para melhorar a comunicação
Desenvolvidos nos laboratórios da Intel os Pocket Avatars usam a câmara e o microfone do smartphone para transformar rostos em avatares animados

A aplicação móvel marca a entrada da Intel no mundo das apps e serviços OTT (over the top) e foi apresentada em Nova Iorque com direito a uma experiência em grande na Time Square.

A ideia desenvolvida no laboratório de inovação da Intel traz mais interatividade às conversas de chat, transformando as expressões reais em animações tridimensionais, onde os sorrisos ou caretas ganham um novo significado.

A aplicação captura as expressões faciais dos utilizadores através das câmaras e recria-as com divertidas figuras





A app já está disponível para iOS e Android, e é gratuita, embora alguns dos avatares sjam pagos. Mas para já só funciona nos Estados Unidos e no Canadá. Falta saber quando chegará a outras paragens...


Veja uma pequena demonstração no vídeo abaixo.




Acabaram as sugestões desta semana, mas amanhã há mais. E agora, dentro destas oito propostas quais é que vai instalar?

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.