A plataforma está a dar os primeiros passos mas já reúne ofertas de cerca de quatro dezenas de ginásios em Lisboa, Porto e Algarve. Até final de outubro, o plano é agregar ofertas de 100 ginásios nas principais cidades do país. No final do ano a oferta passará a incluir clubes em Madrid e Barcelona e em 2014 avança para mais nove cidades europeias.



O conceito passa por dar resposta à procura de serviços de treino físico por quem está em trânsito, a trabalho ou lazer, e procura soluções para treinar durante um período de tempo curto, sem as habituais obrigações de fidelização dos ginásios.



Pedro Almeida, um dos fundadores do projeto, explica que a ideia de formar a Gudgo surgiu para dar resposta às necessidades que os próprios empreendedores sentiam quando estavam fora de local de residência. "Queremos tornar tão banal a reserva de um ginásio como a reserva de um avião ou de um hotel", explica. O turismo executivo será o principal mercado da Gudgo, mas a oferta também se destina a quem está em turismo de lazer, dentro ou fora do próprio país.




O projeto está em fase de angariação de parceiros (ginásios) para enriquecer a oferta, mas já mediou perto de 700 reserva de treino. Sem esforço de marketing ainda realizado para a angariação de clientes, Pedro Almeida explica que quem já utilizou o serviço vem essencialmente da rede de contactos dos promotores da plataforma, mas já permitiu concluir que a oferta tem aceitação também por quem viaja dentro do país, em férias por exemplo.



Por enquanto, a Gudgo está disponível apenas via web, mas o desenvolvimento de aplicações móveis para Android e iOS está previsto para o próximo ano.



Pedro Almeida, Mário Santos e Emanuel Santos são os três empreendedores responsáveis pelo desenvolvimento da Gudgo. Já passaram pelo programa de aceleração da Beta-i, o BetaStart e integram neste momento o Lisbon Challenge.



Inspirado no MassChallenge de Boston, este programa de aceleração, também promovido pela Beta-i, recebeu cerca de 500 candidaturas para 74 vagas, superando largamente as previsões da organização.



Em novembro termina, com a escolha dos finalistas, que terão a oportunidade de mostrar as suas propostas de negócio a investidores em Londres, Nova Iorque e São Paulo.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Cristina A. Ferreira

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.