Pelas mãos da comunidade da iFixit passaram os principais equipamentos, desde o iPhone 7 ao Samsung note 7, agora descontinuado, mas nem todos são fáceis de desmontar, e o top mostra bem que não há equivalência com os volumes de vendas, a notoriedade das marcas ou o valor dos dispositivos.

O site que promove a reparação de equipamentos eletrónicos, e não só smartphones, e disponibiliza guias de ajuda, elaborou uma lista dos equipamentos mais fáceis, e mais difíceis de desmontar, entre os mais conhecidos, e os resultados podem trazer algumas surpresas.

A pontuação é atribuída pelos designs modulares, baterias removiveis, parafusos standard e ecrãs fáceis de reparar. Mas são retirados quando há adesivos excessivos, componentes soldados e procedimentos de abertura complexos.

Com melhor pontuação ficou o LG G5, que foi o mais fácil de desmontar este ano, com 8 pontos em 10, mas o Google Pixel e o iPhone 7 também se portaram bem, com 7 pontos em 10, mas parece que mesmo assim o Pixel conseguiu ser um pouco mais fácil de desmontar.

Segundo a análise do iFixit, os smartphones da Samsung não tiveram um bom ano, e isso não teve apenas a ver com baterias a explodir. Foram mesmo os telefones mais difíceis de desmontar em 2016.

Acompanhe ainda a análise no vídeo abaixo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.