Os novos iPhone 6 e iPhone 6 Plus reacenderam o desejo dos consumidores pela Apple. Se durante algum tempo os Android com ecrãs de grande tamanho ajudaram a desviar alguns utilizadores do iOS, os smartphones mais recentes da marca da maçã vieram retirar alguma força ao sistema operativo da Google.



Quem o diz é a Kantar World Panel, empresa de análise de mercado que revelou os valores das quotas de mercado por sistema operativo em alguns dos principais mercados a nível mundial.



Nos período de três meses que terminou em novembro de 2014 o Android da Google era o sistema operativo mais popular na Europa com 69,9% de quota de mercado. Ainda assim o destaque vai para a perda de 3,2 pontos percentuais em comparação com igual período de 2013.



A quebra do Android parece ter dois culpados: o iPhone 6 e o iPhone 6 Plus da Apple. De todos os smartphones vendidos no Reino Unido, França, Alemanha, Espanha e Itália, cerca de 22,28% tinham o sistema operativo iOS. E França foi o único país onde tanto o Android como o iOS cresceram, já que nos restantes mercados o sistema operativo da Google perdeu posição – 6,7 pontos percentuais no Reino Unido por exemplo.



A empresa de análise revela mesmo em comunicado de imprensa que 18% dos novos utilizadores do iOS migraram do Android.



Para este valor contribuíram números onde constam outros países como os EUA e a China: no primeiro a Apple também ganhou terreno, enquanto no segundo foi o Android, muito potenciado pelas fabricantes domésticas como a Xiaomi.



Já no Japão o cenário é bem menos positivo para a Apple tendo o iOS perdido 15 pontos percentuais de quota de mercado no espaço de um ano e com o Android a avançar 12%.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.