Na noite de quinta-feira a marca da maçã removeu da loja o elemento mais antigo da família iPad Mini, lançado em 2012 o modelo teve uma longa vida, para um gadget já com dois sucessores, mas o fim estava anunciado.

Com os ajustes de preços mais recentes ficou claro que a aposta da Apple não era para continuar, já que o preço do modelo e da versão imediatamente a seguir (iPad Mini 2) ficou separado por menos de 50 euros, mas diferenças de hardware significativas que tornam o Mini original muito pouco competitivo.

Com a saída de cena do iPad Mini original, a Apple passa a garantir ecrãs Retina em todos os modelos disponíveis. Para quem ainda tem o Mini original fica a nota, a Apple garantiu na conferência mundial de programadores deste ano que a versão ainda vai receber o novo sistema operativo, o iOS9.

A versão mais antiga passa agora a ser o iPad Mini 2, lançado em 2013, que continua disponível para comparações na loja, mas curiosamente não aparece no menu principal do site dedicado ao segmento dos tablets. A linha Mini conta ainda com um terceiro modelo.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.