A Motorola anunciou esta quinta-feira a sua nova linha de smartphones para a gama G e E. Os equipamentos vão renovar versões nas gamas baixa e média, e embora não tenham as especificações de um topo de gama, a empresa decidiu dar-lhes toda a atenção, dado que o Moto G continua a ser o modelo mais vendido do seu portefólio - de acordo com a tecnológica, é mesmo o telemóvel mais vendido do mundo na sua classe de preço.

Na linha G, a marca vai introduzir os novos G6, G6 Play e G6 Plus. Os primeiros dois apresentam um design muito semelhante, com arestas curvas e displays de 18:9 onde as molduras, como manda a tendência, foram reduzidas ao tamanho mínimo.

As especificações ténicas são superiores na versão padrão, com o G6 a apresentar um ecrã de 5,7 polegadas, um processador Qualcomm Snapdragon 450 e duas opções de armazenamento: 3GB de RAM + 32GB de memória interna ou 4GB de RAM + 64GB de memória interna. A isto junta-se uma entrada USB-C e um sensor de impressões digitais com suporte para o reconhecimento de gestos.

No que diz respeito à fotografia, o G6 integra duas câmaras traseiras, que potenciam o funcionamento de um modo retrato.

O G6 Play mantém a mesma dimensão de display, mas a resolução deste chega apenas aos 720p, ao passo que o do G6 padrão ultrapassa ligeiramente os 1080p. A configuração máxima de armazenamento compreende 3GB de RAM e 32GB de armazenamento interno.

A câmara traseira é de sensor único e chega aos 12MP. Um dos destaques desta versão, contudo, é que integra uma bateria generosa de 4.000mAh.

O G6 Plus apresenta um display maior (5,9 polegadas) e um hardware interior que o eleva a uma categoria média-alta. Neste segmento conta-se um processador de oito cores Snapdragon 630, 6GB de RAM e 64GB de memória interna (expansível por microSD). A bateria, contudo, é mais generosa do que a variante Play, chegando apenas aos 3.200mAh.

Na traseira existem duas câmaras, sendo que a lente principal integra uma abertura de f/1.7.

Na linha E foram introduzidos três smartphones com os mesmos nomes de código que os da linha G. Note que estes telemóveis contemplam características (e preços) qualitativamente inferiores aos da linha E.

O novo Moto E Play apresenta uma estrutura em plástico e um display HD de 5,2 polegadas, com um rácio de 16:9. A bateria, amovível, chega apenas aos 2.800mAh.

O E5 padrão conta com um processador quad-core Snapdragon 425 de 1,4 GHz, 2 GB de RAM e 16 GB de armazenamento. A câmara frontal é de 5 megapixeis (f/2,2), ao passo que a traseira chega aos 13 megapixeis (f/2,0). Android Oreo é o OS de raiz.

O E5 Plus, que foi anunciado como a estrela da companhia, integra um ecrã de 6 polegadas, com uma resolução de 720p. O processador é um Snapdragon 435, a RAM é de 3GB e o armazenamento interno é de 32GB. A câmara traseira chega aos 12MP e a traseira apresenta um revestimento em vidro. O que surpreende, neste caso, é a presença de uma bateria de 5.000mAh, que se sobrepõe assim aos valores da do G6 Play.

Especificações
©The Verge

A maioria destes modelos vai beneficiar de um lançamento global, à excepção do E5 Plus e do G6 Plus, que só vão estar disponíveis em regiões selecionadas. O G6 Plus, que chega ao mercado já na próxima semana, vai começar por figurar nas lojas do Brasil e México, com uma expansão prevista para os próximos meses, até à Europa e outros países da Ásia-Pacífico. O preço base deste aparelho é de 299 euros.

Os restantes equipamentos vão estrear-se em maio ou junho. A linha G vai apresentar valores compreendidos na casa dos 200 euros, ao passo que a E ficar-se-á pelos 100, dependendo sempre do modelo e da configuração.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.