A certificação do Gabinete Nacional de Segurança valida que os mesmos são elegíveis para serem utilizados para o processamento e transmissão de informação classificada, e foi atribuída depois de "rigorosos testes de avaliação funcional e criptográfico que comprovaram o elevado grau de segurança da plataforma Knox incorporada nos mesmos", refere um comunicado da Samsung.

No ano passado, com a certificação dos primeiros equipamentos da Samsung, o Almirante Gameiro Marques adiantou ao SAPO TEK que este devia ser um exemplo para todas as empresas e explicou que o processo foi feito com a Universidade do Porto, mais especificamente com o C3P, o centro especializado na área de cibersegurança.

O anúncio do alargamento da certificação aos novos terminais foi feito no C-Days, a conferência organizada pelo Centro Nacional de Cibersegurança, e na verdade centra-se na plataforma Knox, integrada nos terminais Samsung.

Esta plataforma de segurança permite a sobreposição de mecanismos de defesa e segurança que protegem os telefones e os utilizadores contra intrusões, malware e outras ameaças maliciosas.

O diretor geral do Gabinete Nacional de Segurança diz que “foram realizadas diversas ações e testes, com o objetivo de aferir a resiliência digital da plataforma Knox. Em todos, constatou-se que a plataforma Knox não apresentou vulnerabilidades. Dos testes e ações referidos destacam-se: a geração e utilização de chaves criptográficas; os testes para garantir a separação de domínio; os testes à VPN; a análise à herança de dados nas aplicações importadas para a zona segura; e os testes criptográficos a chaves geradas param a zona segura e a avaliação de permissões dos serviços presentes no sistema”.

Na avaliação foram examinados, entre outros, os processos de update do sistema operativo Android, mais precisamente os handshakes das assinaturas criptográficas, a eficácia do Knox no encapsulamento seguro de dados sensíveis, não permitindo o acesso de aplicações móveis maliciosas, bem como a verificação do fluxo no arranque seguro do Android.

A lista dos equipamentos Samsung atualmente protegidos pela Knox e agora credenciados pelo GNS incluem o vários equipamentos da série Galaxy S, entre os quais o S10+, S10, S9 e S9+, da série Note com o  Note9, e da série Galaxy A com o A7, A40, A50 e A70.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.