Tal como prometido, o smartphone da Samsung chama-se Galaxy Fold e permite ser utilizado como um tablet, mas pode ser dobrado e transformar-se em smartphone. Esta é a verdadeira novidade de hoje, até porque depois de tantos leaks já pouco havia a descobrir sobre o Samsung Galaxy S10.

O equipamento pode mesmo executar funções multi-tasking. O dispositivo terá um ecrã Infinity Flex Display de 7,3 polegadas, o que permite dobrar o seu formato tablet em smartphone, para levá-lo no bolso. O ecrã principal tem uma resolução de 1536x2152 quando está no modo tablet, e um de 4,6 polegadas, com 840x1960, quando utilizado como smartphone.

Primeiras impressões: Novos Samsung Galaxy S10 reforçam poder dos smartphones topo de gama e esticam armazenamento a 1 TB
Primeiras impressões: Novos Samsung Galaxy S10 reforçam poder dos smartphones topo de gama e esticam armazenamento a 1 TB
Ver artigo

O Galaxy Fold tem dois ecrãs, com um sistema chamado app continuity, para manter a continuidade das aplicações entre si. Estão a trabalhar com diversos fabricantes de aplicações para uma experiência adaptada, como o YouTube. Por exemplo, está a ver um vídeo, mas prefere vê-lo num ecrã maior? Basta abrir o dispositivo e transformá-lo num tablet.

Dando outro exemplo, enquanto navegava num mapa transformado no modo smartphone, no interior, o ecrã já estava a ser atualizado em tempo real. Quando abriu o dispositivo, o mapa estava pronto, ampliado. Durante a apresentação, foi mostrado o multitasking a funcionar com três aplicações em simultâneo, através do sistema app continuity, que as ajustava entre a utilização no smartphone e modo tablet. Na prática, foi mostrado o WhatsApp, Office e YouTube, já otimizados para saltitarem entre os ecrãs em tempo real.

O novo dispositivo utiliza como armazenamento interno 512 GB de Universal Flash Storage 3.0 (eUFS), juntamente com um processador de 7nm e 12 GB de RAM. A Samsung destaca que o Fold tem duas baterias separadas pela dobra, mas que o sistema operativo Android combina como um só. No total, o Galaxy Fold apresenta seis câmaras fotográficas, com três na sua traseira, uma na frente e outras duas, no topo do ecrã "tablet", que quando o dispositivo dobra, ficam "escondidas" no seu interior.

Segundo DJ Koh, o CEO da divisão de eletrónica da Samsung, para conseguir obter o Samsung Fold, foi necessário criar nova tecnologia para o seu ecrã.

O Galaxy Fold será lançado no dia 26 de abril com um preço a partir de 1.980 dólares e vai ter duas versões, uma LTE e uma 5G. Não está ainda disponível o preço e data para Portugal.

Estarão ainda disponíveis quatro cores: preto, prateado, verde e azul. A fabricante vai ainda permitir personalizar as dobradiças do equipamento mediante a cor que escolher. Como oferta, o dispositivo oferece na caixa o seu novo sistema de auriculares wireless, os Galaxy Buds que vão estar à venda por 149,9 euros.

tek galaxy Fold

Nota da Redação: A notícia foi atualizada com mais informação e o vídeo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.