A Samsung terá expedido quatro milhões de Galaxy S 4 para as lojas de retalho a nível mundial em apenas quatro dias, um número que a confirmar-se, será um recorde para a tecnológica sul-coreana. Em comparação, o lançamento do iPhone 5 foi mais bem sucedido ao ter vendido cinco milhões de unidades no primeiro fim de semana.

Os valores do Galaxy S 4 foram revelados por um executivo da Samsung, que pediu anonimato, ao meio de comunicação sul-coreano The Chosunilbo. Este dirigente revelou ainda que até à passada sexta-feira, dia 10, já tinham sido vendidos seis milhões de unidades do GS4, e até ao final do mês de maio o valor pode aumentar para dez milhões de equipamentos.

Em comparação com os modelos anteriores, ainda que estes números sejam relativos à venda efetiva aos consumidores, o Galaxy S III vendeu três milhões de unidades nos primeiros 21 dias, o Galaxy S II demorou 55 dias para atingir a mesma marca e o primeiro Galaxy S levou 85 dias para chegar às três milhões de unidades comercializadas.

O Samsung GS4 começou a ser vendido a nível mundial a 26 de abril - em Portugal chegou no dia 27 de abril - e passadas duas semanas a tecnológica sul-coreana ainda não revelou oficialmente nenhum número relativo às vendas do mais recente topo de gama da marca.

Apple quer Galaxy S 4 fora das prateleiras nos EUA

A tecnológica liderada por Tim Cook juntou o Galaxy S 4 à lista de dispositivos que alegadamente violam patentes da Apple. Neste momento são já 22 os equipamentos da Samsung que a marca da maçã considera como infratores de propriedade intelectual alheia, procurando que os vários modelos sejam banidos do mercado.

Em declarações ao Mashable, o diretor de uma empresa de aceleração de negócios na área mobile, Spencer Chen, analisou a nova investida da Apple e considera que se a empresa de Cupertino conseguir bloquear a venda de alguns dispositivos da Samsung apenas por alguns dias será já uma vitória a nível de mercado, que pode significar milhões de dólares em receitas.

Spencer Chen disse ainda que as duas empresas estão condicionadas pelos resultados trimestrais que apresentam e que têm lutado como podem para conseguir manter as expectativas e os níveis de vendas aos olhos dos analistas.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.