Em declarações à Trustedreviews Shao Yang, responsável de marketing da companhia, explicou que a Huawei mantém o compromisso com o Windows Phone, mas não pode ignorar que o mercado está mais recetivo a outras plataformas, como o Android.



Uma forma de endereçar a questão é criar produtos que permitam reunir mais do que uma opção no mesmo dispositivo, uma estratégia que a própria Microsoft estará a incentivar, com o objetivo de aumentar a sua quota de mercado no universo dos sistemas operativos móveis.



Outras medidas do mesmo género passam pela oferta do sistema operativo a alguns operadores em mercados emergentes, uma informação que circulou na semana passada e que apontava dois operadores indianos como destinatários da oferta.



A Huawei não é a primeira a anunciar uma estratégia do género. Recentemente, aliás, outros anúncios revelaram alguns planos no mesmo sentido. A Geeksphone propõe um equipamento que combina Android e Firefox OS, no seu novo Revolution.



A indiana Karbonn revelou recentemente planos para lançar um telefone com Windows Phone e Android. Esta terá sido uma das empresas a quem a Microsoft está a oferecer o Windows Phone.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.