A Apple vai começar a comercializar o iPad mini e a nova versão do iPad com ecrã Retina na China. Os novos produtos chegam às lojas na sexta feira, e apesar da empresa não antecipar números de vendas (como é aliás habitual) a experiência anterior leva a que se espere uma enchente nas lojas.

Os dois tablets foram anunciados a 23 de outubro, trazendo como principal novidade uma nova dimensão do ecrã com as 7 polegadas do iPad mini, mas também a introdução da quarta geração do tablet da Apple, agora com ecrã de qualidade Retina.

Os equipamentos já estão à venda em mais de 100 países e a Portugal chegaram em data diferenciadas: no final de Novembro - no caso do novo iPad - e no início de dezembro, no caso do iPad mini.

[caption]ipad mini[/caption]

No mercado chinês a Apple vai comercializar as versões Wi-Fi e os modelos com rede móvel nas lojas da Apple, online e através de alguns retalhistas autorizados.

Recorde-se que os primeiros dias de venda de produtos da Apple na china têm sido acompanhados de alguns tumultos, e que em apenas três dias a marca vendeu dois milhões de unidades do iPhone 5.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.