No mercado dos smartphones, a tendência vigente diz que o número de câmaras é proporcional à qualidade fotográfica do equipamento. E embora a correlação não tenha grande base factual, a verdade é que há várias marcas a enveredar por este caminho. A Samsung, a Huawei e a Nokia são apenas três das empresas que apostaram em integrar mais de três câmaras nos seus equipamentos, mas a Motorola, que ainda não consta deste grupo, poderá passar a fazer parte muito em breve. Com base num leak publicado pelo OnLeaks, a marca está a finalizar um telefone que conta com quatro câmaras traseiras.

A imagem divulgada mostra um aparelho com quatro câmaras traseiras e uma frontal; um ecrã com 6,2 polegadas com um notch superior e um sensor biométrico embutido no display. Há ainda uma entrada USB-C e uma porta de 3,5mm para auriculares.

Atualmente, há várias formas de potenciar setups fotográficos de lentes múltiplas. Em equipamentos como o Galaxy S10 e o Huawei P30 Pro, cada uma das câmaras desempenha uma função diferente, fazendo assim com que os efeitos (zoom, desfoque seletivo, etc) ganhem uma outra dimensão de qualidade. No Nokia 9, por outro lado, as câmaras são utilizadas para capturar uma mesma imagem com diferentes níveis de exposição para registar mais e melhores detalhes.

No caso deste Motorola, que tem uma câmara de 48MP, como pode constar-se na imagem, é possível que a ideia passe pela mesma estratégia da Nokia, até porque todas as lentes têm o mesmo aspecto, ao contrário daquilo que vemos, por exemplo, no novo P30 Pro.

Não existem mais detalhes acerca deste equipamento, nem sequer suposições acerca do modelo que representa, dado o calendário tradicional de lançamentos da marca. É possível, por isso, que este telefone seja apenas representante de uma versão conceptual desenvolvida pela Motorola.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.