É já uma "tradição" da Samsung, antes de anúncios oficiais importantes, haver leaks das respetivas funcionalidades de novos equipamentos. E por norma, estas acabam por bater certo, confirmando o ditado popular “onde há fumo, há fogo”. Desta vez, uma fuga de informação mostra um ecrã de configuração do Galaxy S10 da funcionalidade Samsung Blockchain KeyStore, onde se lê que "se trata de um lugar seguro e conveniente para guardar as criptomoedas". As imagens foram adiantadas pelo utilizador do Twitter Ben Geskin, via Engadget.

Pelas imagens, a carteira parece suportar apenas Ethereum (ETH), mas o SamMobile avança que será compatível com Bitcoin, Bitcoin Cash e ERC20. O website explica que o serviço de criptomoedas será dividido em duas partes. Parte da carteira permitirá guardar as moedas virtuais, sejam contas públicas ou privadas, assim como adicionar chaves privadas para transações. Por outro lado, haverá uma funcionalidade da carteira para ver as informações das contas, as transferências e histórico de transações.

Nas imagens, é possível ver a imagem do menu de configuração da carteira, entre a importação de uma nova conta através da Samsung Blockchain KeyStore ou importar as criptomoedas de uma carteira já existente. Para já ainda não há certezas se a funcionalidade estará disponível logo no lançamento do novo smartphone da Samsung.

Apesar do conteúdo do ecrã sobre as criptomoedas desviarem a atenção, repare no design do smartphone, com o já famoso “buraquinho” embutido no ecrã para a câmara fotográfica frontal.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.