A informação é avançada pelo Times of India, que noticia que duas empresas locais terão recebido o direito a usar o sistema operativo móvel da gigante da informática nos seus terminais, de forma gratuita.

A Lava e a Karbonn, as fabricantes em causa, já estariam em conversações com a Microsoft há alguns meses, mas só agora terão concordado em adotar o Windows Phone, que será gratuito, tal como já acontecia com o acordo de utilização com a Google para o Android, refere o jornal.

A confirmar-se, a decisão marca uma alteração na estratégia móvel da Microsoft, que nem à Nokia, com quem estabeleceu um acordo de exclusividade, deixava de cobrar entre 20 e 30 dólares por cada dispositivo vendido.

As duas fabricantes indianas a quem a empresa norte-americana terá oferecido a (por enquanto) "benesse" produzem e vendem bastantes telefones Android na India, um mercado emergente bastante apetecível.

Curiosamente, a Karbonn foi há pouco tempo notícia, quando anunciou que colocaria no mercado o primeiro smartphone que funciona com Android e Windows.

Além de se aguardar uma confirmação, gerou-se a expectativa de que a decisão possa generalizar-se às restantes fabricantes.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.