Jerry Schen, CEO da Asus, subiu ao palco da conferência da empresa para apresentar os novos smartphones ZenFone 5. São três os modelos que compõem a gama de quinta geração do ZenFone apresentados no MWC18, adaptados às diferentes necessidades do utilizador.

O mais potente modelo, o ZenFone 5Z, conseguiu todas as atenções pelas especificações de "superfone" mas também pelo preço abaixo de 500 euros. Mas só chega ao mercado em julho e a Asus nem o trouxe para a mesa de hands on na conferência, deixando os holofotes cair sobre o ZenFone 5 que é externamente igual ao modelo mais poderoso.

A inteligência para usar além da fotografia

A história da Asus com os smartphones tem já uma gama alargada de equipamentos, mas Jerry Schen lembra que ainda está no princípio.  e que há ainda muito a fazer num equipamento que faz parte da vida de todos os utilizadores.

A área da fotografia é destaque, até porque vivemos para "ligar" e comunicar. Mas a inteligência está também no centro da estratégia. E por isso a Asus está a fazer a combinação das duas.

O Zenphone está a tornar-se mais inteligente e aprende com toneladas de dados, mas também com o utilizador, com um novo interface  ZenUI. As câmaras "pensam por si" e há 16 diferentes cenários inteligentes, para melhor fotografias – reconhecendo flores, o mar azul, ou o por do sol mais fantástico, a comida, e os animais.

 O ecrã é maior, e a tecnologia mais "inteligente" para fotografar mas também para gerir outras áreas da vida, como a bateria ou mesmo o volume de som. E uma novidade? Sim, o ZenFone 5 também tem o famigerado notch do iPhone X, mas a Asus garante que conseguiu fazê-lo mais pequeno, e juntar mais sensores naquele pequeno espaço no topo do ecrã.

Três modelos para escolher entre os novos ZenFone

O ZenFone 5Z aposta as suas fichas na elevada performance, estando equipado com um processador Snapdragon 845, 8 GB de RAM e 256 GB de armazenamento interno. Mantendo a tendência da nova geração de smartphones, aposta num ecrã de 6,2 polegadas. O dispositivo inclui uma plataforma de IA de terceira geração suportada pela placa gráfica Adreno 630, o processador Kryo 385 e o processador de sinal (DSP) Hexagon 685 Vector. Para garantir uma experiência de ligação à fibra wireless, o equipamento contém o Snapdragon X20 Gigabit LTE, Wi-Fi 2x2 802.11ac e Bluetooth 5.

Os modelos ZenFone 5 e ZenFone 5Z oferecem câmara dupla, recorrendo ao sensor Sony IMX363 de 14 micrómetros e uma lente panorâmica f/1.8. A câmara secundária oferece um ângulo de 120º e estabilizador de imagem ótica com quatro eixos. Para assistir os fotógrafos, as câmaras apresentam tecnologias de inteligência artificial, tais como deteção de 16 cenários e objetos, assim como melhorias automáticas das fotografias.

Ambas as versões usufruem da tecnologia Asus AI Boost, que otimiza as tarefas mais exigentes do dispositivo, tais como jogar ou aplicações de trabalho. Os dois smartphones apresentam as mesmas especificações, exceto o processador, que na versão ZenFone 5 normal assenta no Snapdragon 636 Mobile.

Por fim, a Asus apresentou o ZenFone 5 Lite, o alegado primeiro dispositivo a oferecer um sistema de quatro câmaras. Está equipado com uma câmara de alta resolução de 20MP da Sony na frente e 16 MP atrás, ambos os lados complementados por uma câmara secundária panorâmica de 120º. Todas as câmaras funcionam de forma independente, para as diferentes funcionalidades, das selfies às fotografias panorâmicas.

O smartphone apresenta um ecrã de 6 polegadas com uma tela de 18:9 para imagens em alta definição. A sua moldura ultrafina torna-o tão compacto como os aparelhos de 5,5 polegadas. O ZenFone 5 Lite assenta no processador Snapdragon 630 Mobile e é alimentado por uma bateria de 3300 mAh. Outras características salientadas passam pela presença de três leitores para SIM e microSD, suporte de ligação NFC. O dispositivo tem reconhecimento fácil e impressão digital de desbloqueio.

O ZenFone 5 lite chega em março, o ZenFone 5 em abril e o ZenFone 5Z em junho. E os preços começam nos 479 euros para o ZenFone 5Z, que foi o único valor partilhado hoje com  os jornalistas.

Para já, e apesar do anúncio, ninguém conseguiu ver nem experimentar o novo ZenFone 5Z, que não estava disponível na conferência no Pavilhão Italiano nem estará no MWC18.

Nota da Redação: A notícia foi atualizada durante a conferência e após esta terminar. Última atualização 21h50.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.