A operadora de telecomunicações britânica O2 vai passar a vender os telemóveis sem um carregador novo de origem. A iniciativa tem início em 2015 e surge depois de um período de testes em que 82% dos clientes que compraram um telemóvel HTC na operadora preferiram continuar a usar o carregador antigo.

Aos clientes que compravam o HTC One X+ era dada a possibilidade de comprar o telemóvel com ou sem carregador. Na notícia avançada pelo The Telegraph não existe nenhuma referência ao facto de os telemóveis sem carregador terem sido vendidos com desconto, pelo que a "consciência verde" das pessoas parece ter sido o único motivo do sucesso da iniciativa.

Olhando para os resultados obtidos em período de testes a O2 está decidida em tornar o telemóvel sem carregador numa norma da empresa.

A iniciativa teve sucesso devido ao padrão estabelecido de carregadores através de cabos USB. Tirando a Apple, os restantes fabricantes de telemóveis usam sistemas de carregamentos que funcionam em múltiplos dispositivos.

"Espero que como resultado deste estudo o resto da indústria considere juntar-se à nossa campanha para tirar os carregadores fora das caixas de vez", comentou o diretor executivo da O2, Ronan Dunne.

Só no Reino Unido estima-se que existam cem milhões carregadores que não têm uso.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.