A OPPO é uma das fabricantes de smartphones que tem vindo a explorar e a melhorar a tecnologia de carregamento. A empresa revelou agora que a mais recente geração do SuperVOOC carrega equipamentos a 65W, num aumento de velocidade de 20%. Isso traduz-se na carga completa de uma bateria de 4.500 mAh em 30 minutos, quando necessário. Mas mais que velocidade, a tecnologia pretende manter as baterias mais saudáveis com o uso, afirmando que mantém em 80% a sua capacidade original, mesmo depois de 1.500 ciclos de carregamento.

A empresa diz que a velocidade de carregamento pode ser aumentada de acordo com situações específicas, com base na energia máxima instantânea que a bateria pode consumir em segurança, em determinado momento. É como se tivesse um modo turbo, que não estando ativo por defeito, servirá para situações de maior urgência.

A tecnologia foi apresentada no seu Open Day dedicada ao carregamento rápido, partilhando algumas notas sobre a sua investigação na matéria. A OPPO refere que o seu sistema VOOC assenta na tecnologia introduzida em todo o ciclo de acessórios que acompanham os smartphones: “o adaptador de carregamento, cabo, PMIC, bateria e muito mais”, disse o investigador Jeff Zhang, da OPPO. E seja através de fios ou wireless, o carregamento pretende ser sempre uma experiência segura.

E para garantir essa segurança, avança com cinco camadas de proteção, baseados nos materiais usados, algoritmos inteligentes ou a arquitetura de carregamento. Um fusível com menor impedância garante que durante uma sobrecarga a bateria seja protegida, isolando-a fisicamente da fonte de alimentação. A OPPO utilizou adaptadores baseados em nitreto de gálio, reduzindo o seu espaço necessário, diminuindo a impedância e funcionamento de alta tensão, garantindo assim a redução do calor emitido.

Também as baterias receberam um novo design interno com duas células em série, diminuindo a corrente elétrica e a redução da emissão de calor. A marca diz que o novo design permitiu ainda um aumento de 5% da capacidade da bateria, mantendo o mesmo tamanho. Oferece ainda um chip de deteção de segurança da bateria, uma tecnologia patenteada pela OPPO que utiliza algoritmos de IA integrados. Estes detetam os danos externos causados às baterias, que causam quedas de tensão, registados em tempo real, e agem em conformidade. Caso detete danos na bateria, os utilizadores recebem notificações de que será necessário reparar ou substituir a bateria.

Também o seu captador de corrente composta é novo, que em vez do típico alumínio, recorre a um novo material composto de cinco camadas para proteger as baterias de eventuais curtos-circuitos.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.