Os iPad já não vendem como venderam nos primeiros tempos de vida. A Apple – e não só – tem enfrentado uma forte contração do mercado dos tablets. A marca da maçã precisa de tirar mais um coelho da cartola se quiser espevitar as vendas, mas de acordo com os relatos da Bloomberg isso pode não acontecer ainda este ano.



Os rumores de que o iPad podia surgir num tamanho de 12 polegadas perderam alguma força. De acordo com a agência de notícias os novos tablets da tecnológica de Cupertino já estão em fase de produção, sendo que os tamanhos continuam a ser os até aqui usados: 9,7 polegadas para o sucessor do iPad Air e 7,9 polegadas para o próximo iPad Mini.



Inclusão do leitor de impressões digitais e uso de um ecrã antirreflexo, para melhor as condições de leitura por exemplo, são duas das novas características apontadas aos dispositivos da Apple.



Os tempos de incerteza para os iPad podem ser ainda maiores, isto se a Apple sempre apresentar um iPhone com um ecrã de grande tamanho – 4,7 ou 5,5 polegadas são os que mais têm sido referidos na imprensa internacional. Os analistas já apontaram mais do que uma vez os smartphones gigantes como uma das razões que estão a condicionar as vendas dos tablets.



A Apple espera que o mercado empresarial possa ajudar na recuperação do segundo segmento mais rentável – atrás do iPhone -, sendo a parceria com a IBM um dos melhores exemplos das estratégias que a marca da maçã pretende seguir.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.