O smartphone Ubuntu Edge ultrapassou a barreira dos 10,3 mihões de dólares angariados na plataforma online Indiegogo e tornou-se no projeto de crowdfunding mais financiado de sempre. O recorde foi batido quando ainda faltam seis dias para terminar a campanha, mas o telemóvel parece estar condenado ao insucesso: ainda faltam 21 milhões de dólares dos 32 milhões pedidos.

Na mais recente atualização do projeto a Canonical agradece o apoio que tem recebido e revelou a lista dos países onde mais utilizadores têm contribuído para tornar realidade o telemóvel. EUA, Reino Unido e Alemanha ocupam as três primeiras posições, havendo mais cinco países europeus no top-ten. Portugal não consta da lista.

O antigo recorde pertencia ao relógio inteligente Pebble que conseguiu juntar 10,266 milhões de dólares.

O conceito de smarpthone da Canonical destaca-se da concorrência pelo conceito de convergência - quando ligado a um ecrã transforma o sistema operativo em ambiente desktop -, mas na mesma campanha também parece ter convergido o sucesso e o falhanço.

Parecendo mais do que certo que o valor definido não vai ser atingido, e que a Canonical não vai financiar o valor em falta, resta a possibilidade de uma empresa de hardware querer concretizar o Ubuntu Edge. Mesmo sem uma demonstração real do equipamento ou da sua forma de funcionamento, a verdade é que o dispositivo tem gerado entusiasmo entre a comunidade.

Até ao momento foram vendidos cerca de 14.500 unidades do Ubuntu Edge das 45 mil que estão previstas.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.