O Facebook já não é só uma rede social. É uma empresa de redes sociais. Além do Facebook propriamente dito, detém o Instagram, o WhatsApp e até se podia considerar que o Messenger também está num universo à parte já que funciona de forma desintegrada do rede-social mãe.



A nova aposta da tecnológica de Mark Zuckerberg chama-se Rooms e como o nome deixa antecipar, os utilizadores vão poder integrar diferentes salas de conversa. O que o nome não deixa antecipar é o facto de a identidade dos utilizadores estar blindada.



Cada pessoa pode ter um pseudónimo para cada sala em que participa. E aí a partilha de conteúdos acontece como noutras redes sociais, apenas não se sabe quem é quem atrás da publicação.



Apenas é possível entrar em salas através de um convite, que pode ser partilhado nas redes sociais ou mesmo em papel, mediante a impressão de um código de barras. E apesar da pessoa A publicar o convite para uma sala no Twitter por exemplo, ninguém saberá quando a mesma está a publicar na Rooms.

Numa página de explicação o Facebook também revela que será possível criar salas dedicadas para pessoas maiores de 18 anos. A aplicação Rooms tem ainda a particularidade de as salas de conversa poderem ser personalizadas pelo utilizador que as criou.



A aplicação Rooms está disponível apenas para iOS, não sendo certo quando pode chegar a outros sistemas operativos móveis.



Esta é mais uma tentativa do Facebook de atacar o mercado do anonimato, onde aplicações como o Snapchat e o Whisper têm tido bastante sucesso. A rede social já tinha lançado uma app mais virada para as conversações protegidas através da destruição de conteúdos, a Slingshot, mas o sucesso da mesma pode não estar de acordo com o esperado.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.