O projeto e o próprio drone já tinham sido referenciados por várias vezes no TeK, a propósito da participação no concurso do Engadget e da recolha de fundos no Kickstarter, e agora já tem um destino mais seguro com a garantia do financiamento para avançar com a produção.

A menos de 30 horas do final do prazo para chegar aos 125 mil dólares necessários o Ziphius já conquistou o investimento desejado para passar à industrialização do drone e conseguir a entrega aos utilizadores em março de 2014. Quem contribuiu com 99 dólares vai recebe um Ziphius DIY, uma edição do it yourself que pode ser usada da forma como os utilizadores acharem mais interessante.

O Ziphius ainda está em fase de protótipo, mas já permite a um utilizador pilotar o veículo como se estivesse sentado ao leme do pequeno submarino.

Cristina Gouveia, da YDreams, explicou ao TeK que o apoio que o projeto da Azorean, uma spin-off a empresa, tem recebido tem sido muito positivo. "Se alguma coisa foi muito acima das expectativas foi a generosidade e apoio das pessoas. Temos tido muitas mensagens de apoio e também muitas sugestões de aplicação do Ziphius. Conhecer o que as pessoas querem fazer com o Ziphius permite-nos aprender muito sobre o mercado e também possibilidades de futuras evoluções do produto", explica.

A ideia de desenvolver o Ziphius surgiu após a decisão de criar uma empresa sediada nos Açores e dedicada a desenvolver tecnologias para a exploração dos oceanos. "Queríamos começar a desenvolver uma plataforma tecnológica de baixo custo que funcionasse no meio aquático e que tivesse capacidade de processamento suficiente para lidar com vídeo e apresentar algum grau de autonomia. Como a empresa é muito recente optamos estrategicamente por utilizar a plataforma tecnológica que estávamos a desenvolver para criar produtos de massa no mercado dos gadgets que nos ajudassem a criar uma marca global e ao mesmo tempo a desenvolver as tecnologias necessárias".

A participação no concurso do Engadget foi um primeiro passo bem sucedido, mas a Azorean quis levar a ideia mais longe e tem acumulado muitas referências positivas, potenciadas também pela capacidade de promover o Ziphius que mostrou em várias peças de vídeo disseminadas online.

O Ziphius tem por dentro um computador Raspberry Pi e recorre a uma câmara de vídeo HD que permite as vistas subaquáticas. A Azorean planeia abrir a API de controle do veículo e do software para permitir desenvolvimentos específicos de aplicações e jogos que tirem partido do conceito de realidade aumentada.

Os próximos passos estão definidos: passar à industrialização de modo a produzir o drone em massa e implementar em simultâneo uma estratégia de comercialização internacional.

Cristina Gouveia admite que há riscos , nomeadamente de atrasos na operacionalização da cadeia de produção, sendo necessário que a empresa continue o esforço de comunicação e marketing iniciado para garantir uma distribuição e comercialização bem sucedida.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.