Esta semana chega às lojas o esperado Flight Simulator, o simulador de voo com quase 40 anos, desde a sua estreia em 1982, mas podemos ir mais longe no tempo, a 1979 com o primeiríssimo FS1 Flight Simulator produzido pela Sublogic antes do acordo com a Microsoft. Ligado ao realismo de pilotar diferentes classes de aviões, o jogo ficou mesmo ligado aos atentados do 11 de setembro de 2001, pelo facto dos terroristas que destruíram as Torres Gémeas alegadamente terem praticado o controlo dos aparelhos no famoso simulador.

Há 13 anos que a comunidade de Flight Simulator não recebe um novo título da série, um hiato que passou ao lado de toda uma geração de gamers. Para o reboot a Microsoft contou com o estúdio francês Asobo, que conseguiu o projeto depois de uma demonstração feita para o Holo Lens. O estúdio está a criar um mundo massivo à escala real, partilhado entre todos os jogadores. Nele inclui-se condições meteorológicas reais, que devem ser lidadas de forma realística, assim como o tráfego aéreo.

A Microsoft promete uma área total da simulação do planeta com mais de 1,5 mil milhões de edifícios, 2 biliões de árvores, montanhas, estradas, rios e outros elementos geográficos reconhecíveis. Na galeria de imagens pode ver um pouco sobre Lisboa segundo o simulador e reconhecer alguns dos pontos da capital portuguesa.

Veja imagens de Lisboa em Microsoft Flight Simulator

É possível ver a zona do Oriente, com a Ponte Vasco da Gama, o Altice Arena, a FIL, e toda essa costa até ao centro, com o Estádio José de Alvalade, a Segunda Circular e a IC 19. Ainda na zona do rio pode ver a Ponte 25 de Abril, e na margem sul uma torre onde deveria estar o Cristo-Rei, mas também a zona das portagens de acesso à ponte, e um pouco mais de Almada, Porto Brandão e Trafaria.

A developer teve acesso a quase 2 Petabytes de dados, contendo todas as cidades do planeta: quase dois milhões de localizações, assim como todos os aeroportos do mundo (45 mil). E para rechear a paisagem, todas as estradas e montanhas do planeta através de dados do Bing Maps da Microsoft, que estão à disposição do estúdio para utilizar no jogo. Para já, para o lançamento da base de Flight Simulator, foram escolhidas 400 cidades, entre elas Barcelona, Bruxelas, Copenhaga, Florença e Zurique, reproduzidas ao detalhe.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.