Com meio mundo em quarentena, e os Governos a definirem o Estado de emergência em muitos países, o impacto tem-se sentido na redução da poluição, que é efeito direto da menor mobilidade automóvel dentro das cidades.

Os dados do Mobility Index da Citymapper mostram isso mesmo, abrangendo as viagens planeadas na aplicação em 41 cidades de todo o mundo. Os dados, trabalhados pela Visual Capitalist em gráficos, dão uma visão muito clara do que o distanciamento social e o confinamento em casa está a fazer na atividade dos principais polos urbanos.

Lisboa fica logo a seguir a Viena como uma das quedas mais drásticas nas deslocações nas primeiras semanas de Março, registando uma mudança de 116%. Da lista constam também Istanbul, Barcelona, Bruxelas e São Paulo, no Brasil.

quadro citymapper
créditos: Visual Capitalist

Na semana passada imagens de drones mostravam como as ruas nos Estados Unidos estavam desertas com a ameaça do coronavírus. Veja as imagens na galeria.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.