Este era o destino inicial do Curiosity, e ao fim de dois anos e quase 9 quilómetros de caminho o veículo explorador conseguiu chegar à montanha, dando agora início à sua exploração.

Os cientistas acreditam que as diferentes camadas de sedimentos nesta localização vão permitir determinar a evolução geológica e ambiental do Planeta Vermelho.

Há alguns meses, e depois de uma análise às imagens recolhidas do planeta, os cientistas decidiram alterar o percurso que estava definido, mudando a rota para facilitar o acesso do rover Curiosity e permitir a recolha de mais dados.

[caption]percurso do curiosity[/caption]

"Foi uma longa mas histórica viagem a esta montanha marciana", afirmou John Grotzinge, cientista do projeto do Curiosity, explicando que a natureza do terreno na nova localização é mais favorável à descoberta de novos dados sobre o planeta vermelho.

O robot vai agora começar a exploração e a fazer novas perfurações, recolhendo amostras do terreno.

A equipa do Curiosity continuará a basear os locais de exploração na informação recolhida pelas sondas Mars Reconnaissance Orbiter (MRO).

No vídeo que reproduzimos abaixo, Katie Stack, uma das cientistas da missão, explica a mudança de rota e a missão do Curiosity.

Ao fim do primeiro ano de operações a Curiosity já conseguiu determinar que Marte tinha oferecido, há milhares de milhões de anos, condições favoráveis para a vida, com água fresca e fontes químicas de energia para micróbios.

As novas explorações pretendem analisar as várias amadas geológicas para determinar os diversos capítulos de evolução do ambiente de Marte e são um elemento relevante para a continuidade do estudo do planeta, que em 2030 pode receber a primeira missão humana.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.