O estudo envolveu questões colocadas a quase 7 mil jovens estudantes de 37 países (entre os quais se conta Portugal) por investigadores da universidade basca que quiseram saber quais os maiores heróis e vilões da história.

Einstein ficou em primeiro lugar e a organização das 10 principais referências para os jovens pode ser surpreendente para quem acha que a cultura está muito focada em personagens da música, filmes e política.

Os cientistas Newton e Thomas Edison também estão nos lugares de topo entre os heróis da história, onde figuras ligadas à religião e política têm igualmente destaque.

Na galeria abaixo estão os nomes de quem chegou ao top 10 dos heróis, mas também dos vilões. Acha que é fácil saber quem ficou em primeiro nesta lista?

O estudo mostra que a noção de heróis está mais disseminada e é mais concordante nas diferentes culturas dos países analisados, mas que a percepção dos vilões gera menos consenso. Adolf Hitler foi o mais referido, mas em algumas regiões Bin Laden surge em segundo lugar e Saddam Hussein em terceiro.

Mais surpreendente é o facto de George W. Bush figurar em quarto lugar, à frente de Mao, Lenin e de Genshis Khan.

Os investigadores revelaram ainda que quando os jovens eram levados a responder de forma espontânea as primeiras figuras indicadas eram políticos ou militares mas que num inquérito mais estruturado os cientistas e líderes humanitários ganhavam mais relevo.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.