A Estação Espacial Internacional enviou com sucesso um vídeo para a Terra usando como forma de transferência um raio laser. O formato de transferência de dados, que chegou a atingir picos de 50Mbps, esteve em ação durante 148 segundos, tempo durante o qual enviou várias vezes um vídeo intitulado de “Hello World”.



O ficheiro, em alta definição, chegou a ser transferido em apenas 3,5 segundos, quando usando as tecnologias tradicionais podia ter demorado cerca de 10 minutos para atingir o mesmo resultado.



O processo não foi no entanto simples. Como explica a NASA em comunicado, a ISS está a milhares de quilómetros de distância e move-se a uma velocidade média de 28 mil Km/h. Quer isto dizer que manter o feixe de comunicação constante é uma tarefa difícil. Para isso é preciso que na Terra se envie um primeiro sinal, para que os astronautas possam fixar o local e prosseguir com a transmissão de dados.





O projeto Optical Payload for Lasercomm Science tem como objetivo maior criar um modo de transmissão de dados mais rápido e fidedigno entre a Terra e elementos que estejam fora do planeta – como satélites por exemplo.



O OPALS chegou à Estação Espacial Internacional em abril, quando o último módulo do SpaceX Dragon foi reabastecer o local, e vai agora ter uma missão de 90 dias.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.