A Fitbit tem um novo alinhamento de wearables. A Charge e a Charge HR apesar de também darem horas, enquadram-se mais no campo das pulseiras inteligentes. Já o Fitbit Surge apresenta características e especificações que se encaixam no segmento dos smartwatches, mas continua a ser sobretudo um produto desenhado para desportistas.

No caso da Fitbit Charge o público alvo são todas as pessoas comuns que gostam ou querem controlar alguns aspetos do exercício que fazem todos os dias – existe contagem de passos, contagem da distância percorrida e também faz uma monitorização dos ciclos de sono do utilizador. No pequeno ecrã LED incorporado também será possível ver algumas notificações do telemóvel. A bateria promete uma semana de utilização. O preço começa nos 130 dólares, cerca de 100 euros.



Por 150 dólares, o equivalente a 115 euros, os utilizadores podem optar pela Fitbit Charge HR. A grande diferença para o modelo mais básico está na inclusão de um sistema de monitorização cardíaca. Por causa desta característica a Charge HR acaba por ter como público-alvo as pessoas que praticam exercício físico com regularidade, seja na rua ou no ginásio.



Mas o lugar de topo de gama fica reservado para o Fitbit Surge. Além de ter todas as características dos modelos já referidos, tem também um GPS incorporado. Isso faz do equipamento uma escolha óbvia para os corredores mais dedicados e profissionais. Com o sistema de localização a funcionar a bateria deve dar para oito horas, enquanto numa utilização casual também garante perto de uma semana de utilização.



Os 250 dólares, perto de 195 euros, pedidos pela empresa norte-americana garantem ainda um ecrã de maiores dimensões que permite visualizar, por exemplo, mensagens que sejam recebidas no smartphone.



Através de aplicações móveis os utilizadores podem depois fazer uma gestão mais precisa dos números reunidos pelos wearable, isto é, das atividades físicas que têm praticado.



Destaque ainda para o design renovado dos equipamentos em comparação com a anterior linha Fitbit.



Para já só o modelo Fitbit Charge está disponível para compra, sendo que os outros dois gadgets vão poder ser adquiridos em 2015.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.