A principal feira de eletrónica de consumo na Europa abre hoje portas e ontem ainda havia muitos stands em montagem e preparação, mas grande parte das novidades já foram antecipadas pelas marcas, que desde o início da semana foram mostrando aos jornalistas os produtos que vão chegar às lojas no final do ano.

Apesar da conjuntura económica na Europa a IFA continua a crescer em área e número de expositores, e os organizadores garantem que estão mais perto de ultrapassar a CES como principal evento de eletrónica a nível mundial, também em visitantes. Ao todo são 1.493 expositores, onde se contam dois nomes portugueses, e o valor estimado de mercado é de 3,8 mil milhões de euros, o que torna a feira a mais importante evento antes da época de Natal.

De aspiradores a frigoríficos, passando por aparelhos de cozinha, máquinas de café, secadores e máquinas de barbear até aos mais “nobres” da gama de eletrodomésticos do mundo da TV, vídeo e áudio, a IFA enche-se por estes dias de uma gama vasta de produtos de todas as dimensões e coloridos, mas onde os smartphones, tablets e computadores ganham um espaço crescente.

[caption][/caption]

Há meia dúzia de anos a feira nem sequer fazia parte da rota de marcas de tecnologias da informação, mas agora é presença obrigatória para nomes como a Acer, Asus, Toshiba e mesmo a Kaspersky. A fusão crescente entre os mundos da eletrónica de consumo e a informática dita esta tendência, com acento tónico na mobilidade.

As primeiras impressões mostram que os gadgets continuam a ser a área mais atrativa, ou não tivesse o anúncio do relógio da Samsung dominado as atenções dos media e dos primeiros visitantes ainda antes da feira abrir oficialmente portas.

Até porque de resto não há grandes novidades a registar: nos tablets e smartphones continua a dominar o Android, com o Windows a assumir algum peso em diversos lançamentos de tablets e híbridos, e nas televisões o conceito de Smart TV e o 4K (UHD TV) continuam a tentar conquistar mercado apesar das dificuldades originadas pela falta de conteúdos em ultra definição e por mercados dominados por serviços de pay TV que acabam por obliterar a utilização das funcionalidades “smart” de muitos televisores.



[caption][/caption]

O TeK já deu conta dos muitos anúncios que foram feitos pelas principais marcas, como o novo topo de gama da Sony, o Xperia Z1, e as lentes que se ligam a dispositivos móveis, a QX10 e QX100, o novo modelo Galaxy Note 3 da Samsung e o relógio inteligente Galaxy Gear, assim como os tablets e portáteis da Toshiba e as novas propostas da TP Vision/Philips na TV. Ontem ainda fizemos uma ronda pelos novos computadores que estão a mostrar maior flexibilidade.

Mas há certamente mais a descobrir e hoje será também dia de experimentar e “rebuscar” outras propostas de entre os muitos produtos e expositores na feira.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Fátima Caçador

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.