O trabalho conjunto da Philips e a Spotify já existe há três anos, e no ano passado a marca foi uma das parceiras que ajudaram a lançar o Spotify Connect, com a possibilidade de levar o serviço de música a outros dispositivos do mundo tradicional.

Atualmente há perto de duas dezenas de dispositivos ligados ao Spotify Conect à venda nas lojas, como explicou Pascal de Mul, responsável pelas parcerias de hardware do Spotify, e os preços variam entre os 50 e os 2000 euros, mas com a Philips a marca dá um novo passo, através da integração com a TV e as colunas dedicadas.

“Queremos oferecer aos utilizadores do Spotify acesso instantâneo à música, só com um toque, sem interrupções e sem problemas com a bateria dos smartphones”, afirmou Pascal de Mul. O serviço já conta com mais de 40 milhões de utilizadores em 57 países e territórios, dos quais mais de 10 milhões pagam assinatura, mas o Spotify quer levar a música mais longe.

O anúncio da integração do Spotify nas televisões da Philips com Android é uma das novidade mais relevantes nesta estratégia, mas o anúncio na IFA 2014 estende-se às primeiras colunas de som dedicadas com ligação direta ao serviço.

As colunas Philips Spotify permitem controlar a playlist com o telemóvel e tablet a partir da app Spotify e fazer streaming de música sem perder qualidade, para várias divisões da casa. Mas só para utilizadores do Spotify Premium.

A inovação integra-se na estratégia da Woox, a empresa que herda a componente de música da Philips e que pertence agora ao grupo da Gibson. "Queremos tornar-nos a maior empresa do mundo em soluções de som e música", afirmou Wiebo Vaartjes, responsável pela Woox Innovations durante a apresentação de uma série de novos produtos, entre os quais se contam headphones e colunas de som.

As colunas vão estar à venda em dois modelos – o SW700M e o SW750M - com preços entre os 99 e os 150 euros, e devem chegar ás lojas em outubro, embora esta data não esteja ainda confirmada para Portugal.

A integração nos televisores com Android da série 9100 foi destacada por Pascal de Mul como uma conquista importante para o serviço de música, e a inovação fez também parte dos pontos principais da apresentação de Nico Vernieuwe, da TP Vision, que acredita que a nova linha de televisores com o sistema operativo Android vai permitir captar a comunidade de utilizadores do sistema operativo e oferecer uma experiência mais rica.

Se quiser saber como é a IFA "por dentro", veja a próxima página onde pode encontrar uma fotogaleria com imagens de alguns stands das marcas que por lá marcam presença. Veja também um resumo daquelas que têm sido as novidades de uma das maiores feiras de tecnologia do mundo.



Fátima Caçador


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico




Nota da Redação: A notícia foi atualizada com a inclusão de um vídeo.


A IFA por dentro

- Smartphones conquistam mais espaço na feira de eletrónica de consumo
- Samsung quer pôr sala de estar "às curvas"
- Conheça a proposta da Panasonic para a casa do futuro
- Sete é o número mágico dos novos produtos da Huawei
- Philips reforça presença do Spotify no terreno do áudio e vídeo tradicional
- Todas as novidades da Toshiba
- Tablets, telemóveis e televisores seguiram na mala da Sony até Berlim
- Realidade virtual da Samsung passa por parceria com a Oculus
- Acer renova gama de tablets e smartphones
- Samsung mostra Galaxy Note 4, Note Edge e novo Gear S
- Lenovo apresenta tablet e computadores de jogos

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.