Os números constam do GlobalWebIndex e mostram que no topo da tabela das redes socias mais populares do mundo continua o Facebook. Seguem-se o YouTube, Google+, Twitter e LinkedIN.
Os mesmos dados também revelam que embora a rede social criada por Mark Zuckerberg seja a mais popular e mais usada, é também uma das que mais perdeu utilizadores ativos no último semestre, cerca de 3%.



Isso reflete-se na diferença entre o número de utilizadores que afirma ter uma conta na rede social e aqueles que admitem ter feito alguma coisa com ela durante o período analisado: 80% dos inquiridos tem conta no Facebook mas apenas 50% a terá utilizado.



O YouTube é outra plataforma social visada pela mesma tendência, na mesma proporção. O serviço de vídeos também perdeu 3% dos utilizadores ativos, um número que outros serviços conseguiram ainda ultrapassar. Para o MySpace.com o problema da perda de utilizadores é mais sério. A plataforma perdeu 12% dos seus utilizadores ativos ao longo dos últimos seis meses.



O estudo apurou ainda que 66% dos utilizadores de telemóvel usam essa plataforma para aceder a redes sociais. Entre os utilizadores de PC ou tablet o recurso a redes sociais foi apontado por uma percentagem menor de inquiridos: 64%.



A pesquisa que dá origem ao GlobalWebIndex teve por base as respostas de 170 mil utilizadores em 32 países. Abaixo pode ver a imagem de alguns dos indicadores apurados.




Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.