O teclado Minuum já existe para Android e a sua utilização exige uma curva de aprendizagem. Mas no caso dos equipamentos wearable a adaptação pode ser mais rápida já que o Minuum parece ter sido concebido para este segmento de equipamentos.



O teclado agrupa algumas letras na mesma linha. Para chegar às diferentes linhas o utilizador só terá que mover a cabeça na respetiva direção. Depois toca no painel tátil dos óculos para escolher a letra que quer. Graças a um sistema preditivo de linguagem a frase constrói-se de forma quase instântanea, mas caso a palavra certa não aparece em primeiro lugar basta deslizar o dedo nos óculos.





O Minuum não está construído para escrever grandes textos, mas esse também não será de todo o ponto forte dos equipamento wearable, como aponta o TechCrunch.



A implementação de um teclado nos Google Glass é uma grande novidade para o gadget da tecnológica de Mountain View que até aqui era controlado maioritariamente por comandos de voz – que trazem consigo o problema da privacidade.

No vídeo a equipa do Minuum também revela como poderá ser o futuro do teclado nos óculos inteligentes da Google, que tanto podem ser controlados através de um anel, como pode ser “projetado” no braço do utilizador.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.