É em Londres que vai nascer a nova sede europeia da Google.

Os planos arquitectónicos para a construção do edifício foram entregues esta semana e exibem um arranha-céus horizontal que deverá tornar-se na casa de mais de 4 mil trabalhadores.

As obras vão começar já em 2018, junto à estação de comboios de King's Cross. O custo final deverá rondar os mil milhões de libras.

De acordo com o Architect's Journal, o desenho final pertence à mesma empresa que desenhou o Estádio Olímpico utilizado nos jogos de 2012. O projeto contempla um edifício de 11 andares e cerca de 80.900 metros quadrados de espaço.

O interior vai manter a linha que é transversalmente adoptada pelas gigantes tecnológicas nos seus escritórios, combinando um espaço de exercício profissional com conforto e decoração moderna. De acordo com a Google, este edifício vai integrar cafés, uma piscina interior, salas de reuniões, salas de massagem, uma sala de jogos e um auditório com 210 lugares sentados, dando origem a um novo lugar onde a empresa pode dinamizar apresentações e lançamentos.

O telhado, por sua vez, será coberto por um jardim com 300 metros de comprimento onde haverá um café e uma pista de jogging.

tek google londres

A ideia com a construção desta nova sede é centralizar todos os serviços em atividade na capital inglesa. Neste momento, em Londres, a Google mantém vários espaços dispersos com colaboradores.

O Brexit também não demoveu a tecnológica norte-americana da sua aposta no Reino Unido. Uma vez construído, este será o primeiro edifício desenhado e detido inteiramente pela Google.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.