A par da multiplicação das preocupações ecológicas, o mercado das tecnologias, e neste caso, mais propriamente, o sector das telecomunicações, vai tentando encontrar algumas respostas que minimizem o impacto dos seus produtos na natureza.

É o caso dos Touch Wood. De momento este telemóveis ainda não passam de protótipos, mas podem muito bem vir a ser comercialmente materializados, ou não contassem com o apoio de nomes de peso entre os seus promotores.

A ideia resulta de uma parceria entre a operadora de telecomunicações japonesa NTT e uma OGN, a More Trees, e vai ser mostrada durante os próximos eventos mundiais para a área da electrónica, nomeadamente na ITU Telecom World 2009, conferência que acontece em Genebra, entre os dias 5 e 9 de Outubro, e na Ceatec, que decorre de 6 a 10 do mesmo mês no Japão.

[caption]Touch Wood[/caption]

Ainda sem data de comercialização prevista, os modelos são produzidos numa parceria entre a Sharp e a Olympus, com recurso a restos de madeira que sobra das árvores abatidas durante as operações de manutenção nas florestas japonesas.

[caption]Touch Wood[/caption]

Os promotores garantem que a madeira usada no corpo do telemóvel não possui corantes nem tintas artificiais, um processo possível graças à tecnologia de moldagem por compressão 3D criada pela Olympus.

[caption]Touch Wood[/caption]

Com este processo a madeira mantém sua durabilidade e resistência originais à água, insectos e caruncho, garantem.

[caption]Touch Wood[/caption]

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.