Nos últimos anos temos visto várias propostas para mudar o formato dos telemóveis, mas os materiais mantêm-se dentro dos mesmos padrões a que nos habituámos desde que os aparelhos passaram a fazer parte integrante da nossa vida.

Uma equipa de investigadores da Universidade de Queen's, no Canadá, vem agora introduzir um elemento diferenciador, com a utilização de ePaper.

O protótipo tem o nome de PaperPhone e integra um display de 3,75 polegadas flexível, permitindo fazer chamadas, ler documentos e aceder a ficheiros multimédia.

Para virar uma página basta dobrar o canto do aparelho, enquanto a realização de uma chamada é iniciada por pressão e é possível escrever e desenhar no ecrã com um lápis.

"Isto é o futuro. Todas as coisa vão ter esta aparência nos próximos cinco anos", garante Roel Vertegaal, director do Laboratório de Human Media da Universidade, num comunicado.

A mesma equipa aplicou a tecnologia a dispositivos como computadores e tablets, admitindo que com o ePaper os smartphones e outros dispositivos actuais ficarão obsoletos nos próximos 5 a 10 anos.

Veja o vídeo com uma demonstração da aplicação de gestos na tecnologia de e-ink.

Entre os últimos protótipos apresentados pela Nokia estava também um telemóvel desdobrável, o Scentsory, que pretende oferecer uma experiência de utilização multi-camadas e que tem a impressionante capacidade de detectar, transmitir e emitir cheiros.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.