Um silêncio que preocupou. A NASA anunciou este fim de semana que a sonda New Horizons, que vai passar perto de Plutão, foi vítima de uma anomalia - justamente numa altura em que o satélite aproxima-se do astro.  Os engenheiros da agência e a sonda estiveram sem comunicar durante uma hora e vinte minutos.

Agora, a NASA anunciou que a missão de 700 milhões de dólares voltou à normalidade e que o objetivo de 14 de julho continua intacto. A agência espacial divulgou que uma análise à nave mostrou que “nenhuma falha de hardware ou software ocorreu”.

Para além disso, destacou que “a causa subjacente do incidente foi uma falha momentânea difícil de detetar na sequência de comando da nave espacial, que ocorreu durante uma operação para se preparar para o sobrevoo”.

A agência espacial afirma ainda que tanto a equipa da missão New Horizons e Alan Stern, o principal investigador da missão, concluíram que nenhuma informação foi perdida durante a anomalia.

Com a aproximação iminente ao planeta anão, a sonda da agência espacial consegue captar detalhes cada vez mais nítidos de Plutão. Na passada quinta-feira, como noticiado pelo TeK, foram descobertas manchas que deixaram os cientistas intrigados.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.