Este exoplaneta está a 180 anos-luz da Terra e localiza-se na constelação de peixes. Foi catalogado pelos responsáveis da missão da NASA como HIP 116454b.



A missão Kepler foi lançada em março de 2009 pela agência espacial norte-americana e estava desenhada para três anos, mas contínua em marcha, depois de em 2013 ter revelado problemas técnicos relacionados com o direcionamento do telescópio.



Os problemas acabaram por ser resolvidos e a Kepler voltou à ação, agora numa missão K2 que mantém o objetivo, centrado na pesquisa de novos exoplanetas com características semelhantes às da Terra.



Desde que a missão K2 arrancou, em maio deste ano, o telescópio espacial Kepler observou 35 mil estrelas e conseguiu já identificar cerca de mil exoplanetas com características semelhantes às da Terra e outros 3.200 com potencial para integrarem a mesma categoria, que estão ainda a ser estudados.



Nesta infografia da NASA veja a missão explicada com números e imagens.

[caption]Nome da imagem[/caption]

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.