O robô de exploração espacial Curiosity continua a sua missão no planeta vermelho e também continua a brindar a Terra com algumas relíquias da sua passagem por Marte. Desta vez a sonda captou duas imagens que mostram como é a Terra quando vista a partir de solo marciano. Os investigadores da Nasa equiparam o brilho do planeta Terra ao de uma estrela de fim de tarde.

A resolução das imagens não é a melhor, mas não existem dúvidas de que o ponto mais brilhante da paisagem é a Terra, que está a 160 milhões de quilómetros. Quando aplicado um zoom nas imagens é possível ver a Lua, que também seria visível a olho nu. As fotografias com mais resolução podem ser vistas no site da NASA.

Escreve a NASA que as imagens foram captadas cerca de 80 minutos depois de o Sol se ter posto em Marte, no 529º dia do Curiosity em Marte - 31 de janeiro de 2014.

As imagens que a agência espacial norte-americana divulga são "retocadas", uma edição que serviu para tirar os efeitos dos raios cósmicos.

Pela falta de resolução estas imagens dificilmente se vão tornar tão icónicas como algumas que foram tiradas, por exemplo, do planeta Terra a partir da perspetiva da Lua ou da Estação Espacial Internacional. Mas fica o registo de como seria ver o "berlinde azul" a partir de Marte.

Uma outra missão espacial da NASA, a sonda Cassini, tinha captado em julho de 2013 uma imagem também da Terra e da Lua vistas a partir de Saturno, tendo os aneis do planeta como perspetiva.

Recentemente uma outra imagem captada por um satélite tornou-se "viral", pois foi apelidada pelos investigadores de "Mão de Deus".


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.