Antes de confirmar no calendário o dia 1 de abril, veja primeiro este vídeo: um drone equipado com uma caçadeira automática Vepr-12, com cartucho de munições com 10 balas, levanta voo, e rapidamente faz a demonstração da sua capacidade de atingir alvos no ar. Parece uma ideia de um videojogo, mas o vídeo parece bem real, disponibilizado no Engadget.

O drone levanta voo na vertical, mas é controlado depois como um caça, disparando contra alguns alvos coloridos, até ao derradeiro teste, que foi abater outro dispositivo voador. A empresa de segurança Almaz Antey, que registou a patente do protótipo, é a mesma que anteriormente construiu o míssil terra-ar S-400 Triumf, que causou atrito entre os Estados Unidos e a Turquia.

O drone tem 40 minutos de autonomia e o operador utiliza um comando com um monitor com vídeo em direto, capaz de não só controlar o dispositivo como mirar a arma, encaixada no seu “nariz”. Segundo o website Dambiev, o drone foi construído no Instituto de Aviação de Moscovo para a empresa, e foi escolhida a caçadeira como arma por disparar chumbo disperso, tornando mais fácil atingir os alvos. Embora seja um protótipo demonstrativo, consta que os russos querem mesmo tornar os drones em armas…

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.