A partida da missão Crew-3 está comprometida e a NASA não adianta nenhuma nova data para o voo que deveria levar quatro astronautas à  Estação Espacial Internacional. Primeiro foi o mau tempo que obrigou a adiar o voo, que estava previsto para 31 de outubro, adiando a missão para dia 3 de novembro mas a nova data não vai concretizar-se.

A Agência Espacial norte americana comunicou que a missão foi adiada devido a um "pequeno problema de saúde" de um dos membros da tripulação, sem especificar qual. Segundo a NASA, não é uma emergência médica e o problema não está relacionado com a COVID-19.

A próxima partida possível é no dia 6 de novembro, sábado, e a NASA garante que a nave Crew Dragon da SpaceX assim como o foguetão Falcon 9 que a transporta, "estão em boa forma e vão permanecer no complexo de lançamento 39A no Kennedy Space Center".

Os astronautas americanos Raja Chari, Kayla Barron e Tom Marshburn, assim como o astronauta alemão Matthias Maurer, permanecerão em quarentena no centro espacial Kennedy, acrescentou a agência.

A missão da Crew-3 leva a bordo quatro astronautas na terceira rotação para a Estação Espacial Internacional. Esta equipa vai substituir os atuais "moradores", incluindo o francês Thomas Pesquet, que está na Estação Espacial desde abril e que tem aproveitado para captar muitas fotografias.

Os astronautas que se preparam para partir a bordo da Crew-3 vão ficar na Estação Espacial durante seis meses e têm uma agenda recheada de experiências científicas para realizar.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.