Espanha e os Estados Unidos são os países mais infectados com bots, malware utilizado para envio de spam e propagação de vírus. Portugal está em 13º do ranking, com 1% de todos os computadores infectados por bots, mostram os dados da PandaLabs relativos a Outubro.

De acordo com a Panda Security, estes programas permitem aos hackers controlar remotamente os sistemas que infectam e levar a cabo uma série de acções como o envio de spam e o download de vírus, worms e Trojans, entre outras ameaças à segurança.

"Entre rogueware, botnets e computadores zombie, verificámos um aumento de mais de 30% ao longo deste ano", explica Luis Corrons, Director Técnico do PandaLabs, em comunicado. Segundo o mesmo, os proprietários destes computadores zombie estarem a "cometer ilegalidades sem o seu conhecimento, podendo enfrentar sérias consequências, desde o simples cancelamento dos serviços de Internet do seu fornecedor até um eventual processo legal", adianta ainda.

Com 44,9% das infecções por bots a nível mundial, Espanha lidera de forma destacada este ranking, sendo seguida pelos Estados Unidos com mais de 14,4% dos computadores comprometidos e o México, com 9,3%. O 13º lugar de Portugal coloca o país numa boa posição nesta lista.

[caption]Nome da imagem[/caption]

Para diminuir esta taxa de infecções a Panda recomenda que os utilizadores mantenham instalado um bom antivirus, sempre actualizado, podendo também usar ferramentas online gratuitas para verificar se não tem qualquer malware instalado.

Em Setembro a PandaLabs colocava Portugal em 20º lugar entre os países com maior incidência de vírus, com uma taxa de infecções próxima dos 50%.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.