A AMD e a Intel anunciaram um conjunto de novos processadores na sua maioria destinados ao mercado de notebooks. As duas empresas querem transportar para os equipamentos portáteis as potencialidades de um equipamento desktop, garantindo ao utilizador uma cada vez melhor experiência digital a preços competitivos.



A AMD escolheu os Estados Unidos para apresentar os novos produtos contando com a presença de um conjunto de parceiros de peso, entre fabricantes de equipamentos e de sistemas, que mostraram o seu apoio à nova estratégia.



A estratégia da empresa para 2004 é fortemente virada para o mercado de notebooks para o qual apresentou três novos processadores a 64-bits da família Athlon. A serie M6000 para notebooks é composta pelos modelos 3200+, 3000+ e 2800+. São os primeiros processadores do mercado compatíveis com sistema operativo Windows e a sua apresentação foi acompanhada da divulgação de uma nova versão da família Athlon (3400+) para desktop PCs e portáteis desktop-replacement.



Os novos produtos têm suporte garantido pela HP, Fujitsu Siemens, Fujitsu, Packard Bell e eMachines, a concretizar ao longo deste ano, com as primeiras máquinas a ficarem disponíveis ainda durante o primeiro trimestre.



No caso do modelo 3200+ o primeiro equipamento compatível deverá ser o Compaq Presario 8000Z (a partir de Novembro), seguido do HP Pavilion a450e (em Dezembro), em ambos os modelos o processador será incluído no equipamento a pedido do comprador. A Fujitsu Siemens Computers e a Fujitsu garantem disponibilidade imediata de sistemas baseados no 3200+, explicaram as empresas no evento.



No caso do modelo 3400+ para desktop - desenhados para computação de alta performance e conectividade sem fios e equipado com tecnologia de optimização da bateria e baixo consumo energético (PowerNow) - o suporte é assegurado também pela HP (no mesmo sistema a pedido), já a partir do início do ano.



Os preços dos novos processadores variam entre os 293 dólares (no caso do modelo 3200+), 233 dólares (para o modelo 3000+) e 193 dólares (o modelo 2800+) por mil unidades. O Athlon 3400+ custa 417 dólares pora compras de mil unidades.



Marty Seyer, vice presidente da divisão de microprocessadores da AMD garante que a extensão da família Athlon 64 à área de notebooks assegura ao utilizador uma melhor performance que a obtida através de um processador de 32-bit.



Na apresentação a HP afirmou que está a produzir 60 novos modelos de equipamentos compatíveis com a família AMD Athlon 64. O vice-presidente da empresa explicou que a HP está empenhada em oferecer aos seus clientes a última tecnologia aos melhores preços, tornando claro o apoio da marca à nova estratégia da AMD.



A Intel, por seu lado, aposta numa versão de desconto do Pentium M que deverá estar no mercado em Março para acelerar as vendas de equipamentos com tecnologia wi-fi. A empresa garante que o novo chip tem características muito semelhantes ao Pentium M, mas dispõe de uma cache secundária de 512KB e não é tão rápido como o primeiro. Recorde-se que o Pentium M vem equipado com 1MB cache e a nova versão anunciada para Fevereiro (com o nome de código Dothan) dispõe de 2MB de cache.



Embora existam diferenças na velocidade de processamento, o novo Celeron M foi desenhado com as mesmas funcionalidades de baixo consumo energético, não dispondo porém da tecnologia SpeedStep que permite que um processador abrande velocidade por forma a poupar energia quando o equipamento está a funcionar em modo de bateria, explica a Intel em declarações citadas pelo C|Net.



A nova família de processadores Intel é um esforço da empresa para tornar mais popular o wi-fi junto do mercado retalhista onde tem ainda pouca aceitação. A Intel já assumiu que pretende reforçar a gama de produtos que suportem os standards 802.11g and 802.11a, como parte da sua estratégia de vendas para o Celeron.




Notícias Relacionadas:
2003-11-13 - Novo processador Intel para portáteis fiel à política de preços baixos


2003-03-12 - AMD anuncia 12 novos processadores Athlon XP para portáteis

2002-01-28 - Novo processador para portáteis da AMD chama-se Athlon 4 1500+ e funciona a 1,3 GHz

2001-05-14 - AMD lança Athlon 4 para portáteis

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.