A AMD e a RMI (Raza Microelectronics) anunciaram hoje um acordo que solidifica uma parceria que as duas empresas já mantinham em diferentes áreas. Mediante este novo protocolo a AMD vai vender a sua tecnologia e produção do processador de alta performance Alchemy e ficar com uma participação na empresa especializada em semicondutores.

As duas empresas vinham já a colaborar há algum tempo, nomeadamente no desenvolvimento da plataforma "Torrenza", anunciada recentemente. A aquisição da linha de produção do processador de alta performance a baixo consumo, destinado principalmente à área de multimédia, deverá agora servir de base a um relacionamento mais estreito entre as duas empresas, adianta o comunicado.

A transição da linha de produção vai agora iniciar-se mas a AMD não antecipa qualquer problema. "A RMI é uma empresa muito respeitada e pensamos que está numa excelente posição para potenciar a sua liderança na tecnologia MIPS e investir no desenvolvimento futuro da linha de processadores Alchemy", explica Hector Ruiz, CEO da AMD, em comunicado.

A RMI tem já no mercado várias gamas de processadores, nomeadamente a XLR e Orion, usados por diferentes fabricantes em sistemas embebidos de comunicação e de redes.

Notícias Relacionadas:

2006-05-17 - AMD avança com o primeiro processador dual core para notebooks

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.