O exemplar é designado por Ricketts Apple-1, porque "adotou" o apelido de Charles Ricketts, o homem que o comprou das mãos de Steve Jobs no final da década de 70 por 600 dólares.


Em quarenta anos, o exemplar multiplicou o valor comercial em 600 vezes num leilão da Christie`s, um recurso que já tinha sido usado para vender outros modelos e garantir um bom encaixe financeiro para os proprietários.


O valor atingido agora, embora elevado, não é aliás o mais elevado já pago por um Apple-1. A história recente tem mostrado que quanto mais antigo o modelo, mais os investidores estão dispostos a pagar. Os primeiros exemplares fabricados são os que têm rendido mais.


No ano passado a mesma leiloeira vendeu outro exemplar por 387,5 mil dólares. Meses antes, na Alemanha, também num leilão, um outro exemplar foi comercializado por 671 mil dólares e em outubro deste ano mais um exemplar foi arrematado por 905 mil dólares.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.