No seu novo evento de tecnologia, a Asus revelou a sua nova linha de computadores destinados sobretudo a criadores de conteúdos, para “tornar a criatividade em realidade”, salientou o executivo da marca, Samson Hu. Os novos portáteis da fabricante são alimentados pela segunda geração das placas gráficas RTX da NVidia, assim como uma parceria com a Adobe na otimização do seu software de edição.

A empresa afirma que a criatividade está entranhada no seu ADN, e por isso tem vindo a suportar os criadores em diversas indústrias, seja para resolver problemas ou para puxar os limites das suas ideias. A marca ProArt da Asus pretende dessa forma ser a força que os criadores necessitam para trabalhar, desde simples portáteis às mais poderosas workstations, que tornam o seu workflow mais fluído.

A sua nova linha de portáteis da gama ProArt destina-se também aos alunos, procurando oferecer liberdade de escolha, assim como uma otimização das suas tarefas. Desde os iniciantes, aos profissionais mais experientes, todos foram consultados para a criação dos novos produtos que a empresa apresentou.

Veja na galeria alguns dos produtos apresentados:

A ProArt Station PD5 é uma torre de criação, permitindo escalar desde um produto de gama de entrada até uma máquina poderosa, topo de gama. O seu design minimalista ajuda a aceder ao seu interior, bastando desapertar apenas dois parafusos para trocar os componentes. Tem um processador até i9 de 11ª geração, assim como as mais recentes placas gráficas da NVidia.

Tem um botão de energia junto às portas USB, para que possa gerir todos os periféricos comodamente. Tem acessórios como grampos para auscultadores ou para gestão de cabos. Tem certificação ISV, compatível com Adobe e Autodesk, esperando uma oferta multifacetada aos seus criadores. Chega ao mercado no final do ano.

A Asus revelou ainda uma nova motherboard com a marca ProArt, com especificações de topo e ligações para múltiplas entradas, desde o suporte Thunderbolt 4, a Wi-fi 6, e muitos outros slots.

Ainda dentro da linha ProArt, a marca vai introduzir um novo monitor, capaz de replicar conteúdo 4K com suporte a HDR. O ProArt OLED PA32DC promete uma gama de cores profissionais, elevando a qualidade daquilo que a empresa já entregou. Tem 31,5 polegadas, HDR Display 450, brilho de 250 nits até 400 nits. Os profissionais podem calibrar manualmente as cores. E tem sistema de gestão de cabos na traseira, é fácil de pegar pela sua pega de transporte e aparafusar o suporte para colocar em cima da secretária.

O projetor ProArt A1 oferece uma iluminação de 3.000 Lumens e suporta resolução até 1080p a 120 Hz. Promete uma duração de 30 mil horas. A Asus promete que as cores continuam a manter-se mesmo com a prolongada utilização, garantindo ainda diversos certificados de calibração de cor, cobrindo até 98% do espectro RGB. O projetor tem uma panóplia de definições que pode fazer no seu menu digital. O Projetor ASUS ProArt A1 estará disponível em Portugal no início de outubro com um preço de 1.599 euros.

ASUS ProArt A1

O teclado, rato e outros periféricos podem não ser os ideais para se trabalhar em programas como o Lightroom ou o Photoshop. A quantidade de números e slides que os utilizadores têm de lidar, ou mesmo a timeline do editor de vídeo podem tornar-se aborrecidos. Por isso, a Asus já tinha introduzido um “dial”, uma roda dinâmica para executar as tarefas repetitivas sem mexer no rato ou teclado.

A Asus otimizou as suas soluções para os principais programas da Adobe, com a ajuda da própria empresa, para que os utilizadores possam rapidamente ajustar brilhos, contrastes, ou navegar pela timeline sem sequer tocar no programa. Os utilizadores podem configurar as definições ao seu gosto.

Os novos ProArt Studiobook 16 e 16 Pro, pretendem ser os primeiros portáteisl com um ecrã de 16 polegadas OLED com uma resolução 4K e rácio de 16:10. Tem certificação Pantone e é 100% compatível com a norma DCI-P3. Tem uma certificação de ecrã VESA DisplayHDR 500 True Black. No entanto, sobressai-se a sua roda física no teclado, o Asus Dial, para controlar diferentes parâmetros. Tem um touchpad de três eixos para manipular objetos 3D.

E no interior pode ter um processador Intel Xeon, AMD Ryzen 5000, assim como gráficas RTX A5000 ou GeForce RTX 3070. Uma verdadeira “bomba” orientada completamente para criadores profissionais de conteúdo.

Tem do lado direito uma porta LAN RJ45, uma USB 3.2 Gen 2, jack de áudio 3,5 mm e um leitor de cartões SD 7.0 Express. Do outro lado conte com mais duas entradas USB-C e uma USB A, HDMI 2.1, entre outros. O computador está preparado para realidade virtual.

A acompanhar o computador, o ProArt Mouse não poderia deixar de ter mais uma roda Asus Dial, para que os profissionais possam gerir ainda mais funções. E pode configurar o rato para trabalhar em simultâneo em três computadores. A Asus promete que este rato wireless trabalha em qualquer superfície, desde madeira a vidro transparente. Pode ser usado durante 150 dias e com apenas um minuto de carga pode trabalhar oito horas seguidas. O seu tapete também é bastante tecnológico, tendo na sua base um cartão para calibrar as cores do monitor.

Asus OLED

O novo monitor externo ProArt PA147CDV tem 14 polegadas, mas com um rácio de 32:9, com 400 nits de brilho. O monitor externo é 100% sRGB e pesa apenas 740 gramas. Tem HDMI e duas portas USB-C funcionais, servido assim de HUB para outros periféricos, como câmaras ou mesmo smartphones. O seu suporte permite ser ajustado em qualquer ângulo de visão. Tem um ecrã tátil com 10 pontos de contacto, permitindo trabalhar com a Asus Pen. O seu dial também foi melhorado, sendo maior e mais intuitivo de usar.

A Asus apresentou ainda o novo Vivobook Pro 14X/16X OLED, portáteis para os utilizadores e criadores mais casuais, mas que ainda assim tenham exigências ao nível de especificações. O portátil será lançado com gráficas até RTX 3050 Ti, até 32 GB de RAM e painéis OLED, mas mantendo um chassis fino e leve, com 1,450 kg. Tem um teclado com um ar profissional e tem um dial virtual no próprio touchpad. O seu ecrã é de 600 nits, com todas as calibrações profissionais, assim como uma webcam com portinhola. A Asus tem ainda uma versão do portátil sem a designação X, com configurações mais modestas, para criadores menos exigentes.

Durante a apresentação, a Asus referiu ainda uma parceria com a Adobe para oferecer três meses de subscrição das suas ferramentas, na compra dos seus novos computadores.

O Asus Zenbook 14X OLED e 14 Flip OLED são portáteis com um design premium, com ecrãs de 4K e com molduras minimalistas, oferecendo mais área de trabalho graças ao rácio 16:9 e 16:10. Tem um ecrã com rotação 360 graus, e como sempre, com diversas opções de memórias e processadores da AMD e Intel e até 32 GB de memória. Ambos os modelos prometem serem mais leves e finos. Os seus botões de energia têm leitor de impressões digitais embutidos, para que possa autenticar-se assim que o liga.

Asus ProArt

O modelo B5 Flip é o primeiro com um ecrã OLED com tons matte, que permite rodar 360º para ser colocado na mesa como uma tenda, por exemplo para fazer apresentações ou tomar notas com uma pen. Tem um chassis rugoso e pretende ser muito leve, com cerca de 1 kg, mas uma versão com uma bateria maior permite durar até 13 horas. Tem processadores até Intel i7 de 11ª geração, até 48 GB de RAM e Dual SSD até 2 TB com suporte a RAID 0/1. E para demonstrar a sua durabilidade, este tem certificações militares, além de três anos de garantia.

Voltando aos monitores, a Asus apresentou o ZenScreen OLED MQ13AH, um ecrã OLED portátil, que pode ser utilizado não só com computadores, como consolas domésticas. Tem todas as certificações de cor habituais, sobressaindo os detalhes dos trabalhos ou dos jogos. Tem um chassis muito fino e pretende ser bastante leve. Por ser pequeno, tem um mini HDMI, mas tem dois USB-C que pode ser facilmente convertido. E ainda tem um terceiro USB-C que serve de alimentação. Tem um encaixe para tripé, conferindo-lhe assim maior flexibilidade de utilização. E ainda tem uma capa de proteção que pode ser utilizada como moldura para a mesa, seja na horizontal ou vertical.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.