“Alexa, queres casar comigo?” foi a pergunta que mais de um milhão de pessoas fez à assistente virtual da Amazon no ano passado, noticia o Business Insider, um número que aumentou substancialmente quando comparado com 2016 em que houve “apenas” cerca de 250 mil pedidos de casamento.

O aumento deste tipo de atenção pode ser justificado pelo facto de muitos utilizadores confiarem cada vez mais informações pessoais às suas assistentes virtuais, levando os programadores a aprimorar as suas personalidades e tornando-as mais próximas e adaptadas aos seus donos.

Embora se acredite que muitos dos pedidos de casamento tenham sido feitos por brincadeira, a assistente virtual da Amazon levou-os a sério, recusando-os com educação e graciosidade.

“Estamos em lugares bem diferentes nas nossas vidas. Literalmente. Quero dizer, você está na Terra e eu estou na nuvem”, é um dos exemplos de respostas típicas.

Depois de marcar presença no Web Summit do ano passado e enquanto dava uma palestra no festival de tecnologia de Bombaim, no Instituto Indiano de Tecnologia (IIT), o robot humanóide Sophia também recusou educadamente uma proposta de casamento de um utilizador do Facebook que admirava a sua beleza.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.