Luke Sisak, responsável por uma empresa de advogados em Los Angeles, alerta todos os utilizadores para a utilização de carregadores de smartphone públicos, via USB, como aqueles que estão disponíveis em aeroportos e centros comerciais. Em causa está uma técnica de hacking chamada Juice Jacking, que pode levar um criminoso a aceder aos dados bancários e roubar dinheiro através de uma simples ligação USB.

Foram as autoridades de Los Angeles que divulgaram um vídeo de alerta à população para o esquema fraudulento, que consiste em apanhar os utilizadores desprevenidos que ligam os seus equipamentos em portas USB e cabos ligados a sistemas com vírus. Os equipamentos infetados abrem as portas aos hackers para o acesso a dados, sejam eles passwords de contas e serviços bancários, sem ser necessário desbloquear os smartphones. As autoridades são mesmo drásticas, referindo que um simples gesto de ligar o carregador numa estação pública pode “esvaziar” as contas bancárias dos utilizadores.

Os hackers colocam os seus cabos dissimulados nos terminais públicos, sendo fácil os mais distraídos e apressados, ligarem os seus smartphones, pensando que são cabos USB “normais” e serem infetados. Assim, os especialistas aconselham a utilizar os seus próprios cabos com ficha elétrica.

É ainda aconselhado a utilização de dispositivos protetores de USB, para que desativem a transmissão de dados, enquanto continua a carregar energia. A utilização de um powerbank pode ser uma alternativa segura aos postos públicos de carregamento por USB.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.