A Avast anunciou recentemente que vai adquirir a sua rival AVG como forma de aumentar rapidamente o número de clientes que tem em todo o mundo e que supera já a marca de 230 milhões de utilizadores das suas soluções de segurança informática.

A aquisição tem também como objetivo principal “expandir a presença da Avast nos mercados emergentes”, diz a Reuters, sendo que cada ação da AVG foi avaliada em 25 dólares. O montante envolvido no negócio totalizou 1,3 mil milhões de dólares e parte do valor será pago através de garantias bancárias recentemente conseguidas pela Avast.  

Gary Kovacs, Chief Executive da AVG, afirmou em comunicado que acredita que “unir esforços com a Avast sustenta totalmente os objetivos de crescimento da empresa e representa o melhor para os melhores interesses dos seus investidores”.

Vince Steckler, da Avast, refere que “a combinação de forças destas duas empresas fundadas na República Checa e com culturas e missões em comum posiciona-nos da melhor forma para aproveitar as oportunidades que aí vêm, tal como o desafio da segurança no âmbito da Internet das Coisas, por exemplo”.

Movimentações no sector da segurança

A compra da AVG por parte da Avast chega numa altura em que o sector dos antivírus e das soluções de segurança em geral – seja para ambientes domésticos, seja para empresas – está em constante "movimento", muito por culpa das mais recentes preocupações relacionadas com cibersegurança a nível internacional.

Note-se o caso da Intel, que agora pretende descartar a unidade de negócio relativa à segurança que criou com a compra da McAfee, e também as mais recentes interações do sector no mercado português.
Veja-se o exemplo a da SysValue, empresa com 14 anos de experiência na área da cibersegurança, auditoria e formação que foi absorvida em maio pela Sonae Investment Management. Este grupo tinha já adquirido a espanhola S21sec em 2014.

 

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.