O projeto High Performance Computer será três vezes mais potente que o sistema atual. Terá capacidade para realizar 16 mil triliões de operações matemáticas por segundo e vai pesar 140 toneladas. O sistema multiplica por 120 mil a capacidade de memória de um smartphone de gama alta.


Pretende reforçar a posição do Reino Unido enquanto país líder nas previsões do tempo, para além de dotar a agência britânica responsável pela meteorologia da capacidade de cooperar com outras agências do mesmo género noutros países.


Numa nota citada pela imprensa britânica, explica-se que o novo sistema de computação vai permitir atualizar previsões de hora a hora, com maior detalhe para um maior número de áreas geográficas. Ficará também facilitada a gestão de eventos como inundações ou nevões.


O investimento insere-se num plano britânico para "fazer do Reino Unido o melhor lugar para a ciência e a investigação", tinha já adiantado o secretário de Estado do tesouro.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.