A Cisco está a investigar o recente roubo e distribuição online não autorizada de partes do código fonte dos sistemas dos seus dispositivos de rede. As notícias da fuga de informação apareceram no Securitylabs.ru, um site de segurança russo, no sábado, dois dias depois dos seus administradores terem recebido o código fonte em causa.



De acordo com o site de segurança, os hackers conseguiram comprometer a rede empresarial da Cisco e roubar cerca de 800MB de código. Como prova, alguém com o nickname "Franz" colocou cerca de 2,5 MB do mesmo código no sistema IRC do site, pouco tempo depois do alegado roubo de informação, noticia a C|Net.



"A Cisco está consciente de que a sua informação proprietária foi potencialmente comprometida e reportada num site Web público durante o fim-de-semana", confirmou um porta voz da Cisco à C|Net. "A equipa de segurança da Cisco está ao corrente e a investigar o sucedido", garantiu.



Esta foi a segunda vez este ano que uma das grandes empresas da área da tecnologia viu partes do código fonte dos seus produtos serem disponibilizadas sem autorização, depois da Microsoft ter reportado em Fevereiro a distribuição ilícita na Internet do código fonte das versões 2000 e NT4.0 do seu sistema operativo Windows.



Aparentemente os riscos da disponibilização do código fonte dos sistemas Cisco não são muito elevados, embora alguns especialistas temam que hackers com maior conhecimento de sistemas de rede possam tirar partido de eventuais vulnerabiliaddes para atacar redes empresariais.



Nota de Redacção: [10:22:00] A notícia foi actualizada com mais informação.



Notícias Relacionadas:

2004-02-13 - Fuga de informação põe código fonte do Windows a circular na Internet

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.